Meteorologia

  • 01 DEZEMBRO 2022
Tempo
11º
MIN 10º MÁX 15º

Turquia desiste de utilizar o sistema de pagamento russo Mir

Os três bancos públicos turcos que autorizavam o sistema de pagamento russo Mir vão desistir do mecanismo, após advertência feitas pelos Estados Unidos, declarou hoje um alto responsável turco à agência de notícias AFP.

Turquia desiste de utilizar o sistema de pagamento russo Mir

"Há pagamentos em andamento, mas uma data futura foi fixada" para deixar de utilizar o sistema russo, disse a fonte à AFP, sob condição de anonimato.

Os três bancos públicos - HalkBank, Ziraat e Vakifbank - até agora autorizaram transações com os cartões Mir.

Dois dos maiores bancos privados do país, Denizbank e Isbank, já haviam anunciado na semana passada que estavam a suspender o uso do sistema de pagamentos Mir.

Na sexta-feira, o Uzbequistão também anunciou que havia interrompido a operação dos cartões bancários Mir por motivos técnicos, que agora só podem ser usados em alguns países, incluindo a Bielorrússia.

Muito dependente do gás e do petróleo russos, a Turquia recusou-se a aderir às sanções ocidentais decretadas contra a Rússia após a invasão da Ucrânia, que teve início em 24 de fevereiro.

O país, um destino popular para turistas da Rússia, viu a chegada de milhares de russos desde o início da guerra.

A Turquia havia anunciado a expansão do sistema Mir após uma reunião no início de agosto entre o Presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, e o seu homólogo russo, Vladimir Putin.

Entretanto, Washington alertou imediatamente as empresas e bancos turcos que negoceiam com a Rússia contra o risco de possíveis sanções.

Leia Também: Ucrânia. Letónia decreta estado de emergência na fronteira com a Rússia

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório