Meteorologia

  • 01 OUTUBRO 2022
Tempo
14º
MIN 12º MÁX 27º

Durante uma greve, a entidade empregadora pode substituir os grevistas? 

'Trabalho e impostos (des)complicados' é uma rubrica do Notícias ao Minuto, assinada por Dantas Rodrigues, sobre assuntos relacionados com trabalho, finanças pessoais e impostos.

Durante uma greve, a entidade empregadora pode substituir os grevistas? 

O Direito à greve é um dos pilares dos direitos, liberdades e garantias em que assentam os regimes democráticos, com consagração constitucional. Direito exclusivo dos trabalhadores sejam o não sindicalizados, e irrenunciável. Não pondo a entidade patronal exigir a nenhum trabalhador que declare no seu contrato de trabalho a recusa ao exercício do direito à greve. Porém o direito à greve não é aplicável às forças militares ou policiais.

O Código do Trabalho, nos artigos 530.º e seguintes, regula as condições de prestação da greve, tais como avisos prévios, piquete, serviços mínimos indispensáveis para ocorrer à satisfação de necessidades sociais impreteríveis da empresa, entre outros.

Quanto à substituição de trabalhadores, o empregador não pode, durante a greve, substituir os grevistas por pessoas que, à data do aviso prévio, não trabalhavam no respetivo estabelecimento ou serviço.

O Empregador não pode, igualmente, admitir trabalhadores para substituir os grevistas, nem pode, durante a greve, contratar empresa para executar tais tarefas, salvo em caso de incumprimento dos serviços mínimos necessários à satisfação das necessidades sociais impreteríveis ou à segurança e manutenção de equipamento e instalações e na estrita medida necessária à prestação desses serviços.

Constitui contraordenação muito grave a violação destes preceitos

Durante o período de greve, os trabalhadores que adiram não recebem salário, e cessa os deveres de subordinação e assiduidade.

_________________________________________________________________________________________________

A publicação da rubrica 'Trabalho e impostos (des)complicados' é quinzenal. Faça também parte dela. Envie as suas dúvidas, questões ou sugestões de temas para o endereço de e-mail [email protected].

Dantas Rodrigues é advogado e sócio-partner da Dantas Rodrigues & Associados. Está inscrito na Ordem dos Advogados desde 1993. Frequentou o curso de Mestrado em Direito na vertente de Ciências Jurídicas – Direito em Ação, no ano letivo de 1997/1998, na Universidade Autónoma de Lisboa. É professor de Direito do Ensino Superior Politécnico desde 1995.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório