Meteorologia

  • 24 SETEMBRO 2022
Tempo
24º
MIN 17º MÁX 24º

Agricultores recebem 22,4 milhões em resposta aos custos de produção

Trata-se de uma medida "para fazer face ao aumento dos custos de produção decorrentes da Seca e da Guerra na Ucrânia".

Agricultores recebem 22,4 milhões em resposta aos custos de produção
Notícias ao Minuto

16:55 - 21/09/22 por Notícias ao Minuto

Economia Agricultura

O Ministério da Agricultura e da Alimentação anunciou esta quarta-feira que, através do Instituto de Financiamento da Agricultura e Pescas (IFAP), procedeu ao pagamento de cerca de 22,4 milhões de euros aos produtores agropecuários em resposta ao aumento dos custos de produção.

Trata-se de uma medida "para fazer face ao aumento dos custos de produção decorrentes da Seca e da Guerra na Ucrânia", segundo um comunicado a que o Notícias ao Minuto teve acesso.

"Este pagamento é relativo ao período de candidaturas que decorreu entre 25 de julho e 19 de agosto de 2022, estando os montantes disponíveis na conta dos agricultores na próxima sexta-feira, dia 23 de setembro", pode ler-se. 

A distribuição deste apoio para os setores agrícolas abrangidos por esta medida é efetuada da seguinte forma:

  • Setor das aves e ovos - 3,8 milhões de euros
  • Setor da carne de suíno - 5,6 milhões de euros
  • Setor da produção de leite de vaca - 13 milhões de euros

A tutela adianta ainda que a "Medida Excecional de Crise, aplicável ao território de Portugal continental, insere-se no conjunto de apoios disponibilizados pelo Governo, de forma mitigar os efeitos da conjuntura atual e os constrangimentos que atingiram o setor da produção alimentar". 

Leia Também: Internos de Lisboa Central indisponíveis para novo regime suplementar

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório