Meteorologia

  • 05 OUTUBRO 2022
Tempo
28º
MIN 17º MÁX 29º

Crise/Energia: Bruxelas aprova plano alemão com apoio de 27.500 milhões

A Comissão Europeia deu hoje "luz verde" ao plano do Governo alemão, que prevê ajudas de 27.500 milhões de euros para as empresas afetadas pelo aumento do custo da energia.

Crise/Energia: Bruxelas aprova plano alemão com apoio de 27.500 milhões
Notícias ao Minuto

14:59 - 19/08/22 por Lusa

Economia Crise/Energia

Em comunicado, Bruxelas detalhou que o plano em causa tem por objetivo cobrir parcialmente, desde 2021 e até 2030, os custos derivados do aumento do preço do carvão utilizado para gerar energia elétrica.

Com esta medida, a Alemanha quer evitar que as empresas transfiram a sua produção para países fora da União Europeia (UE), com menos regras em termos de emissões climáticas.

"Ao mesmo tempo, esta medida facilitará a descarbonização económica da economia alemã, em linha com os objetivos do 'Green Deal' [Pacto Ecológico Europeu], limitando potenciais distorções da concorrência", afirmou, citada no mesmo documento, a vice-presidente da Comissão Europeia, com a pasta da Concorrência, Margrethe Vestager.

Conforme detalhou o mesmo documento, o Governo alemão vai conceder aos beneficiários um apoio equivalente a 75% dos custos das emissões incorridas no ano anterior.

Para serem elegíveis para este apoio, as empresas terão que cumprir um conjunto de requisitos, como a implementação de medidas incluídas nos seus próprios planos de gestão de energia.

Soma-se ainda a obrigação de 30% do seu consumo de eletricidade corresponder a fontes renováveis.

A partir de 2023, as empresas terão que investir, pelo menos, metade dos apoios recebidos na descarbonização dos processos produtivos ou em ações de gestão energética.

O executivo comunitário também aprovou os planos da Finlândia (687 milhões de euros) e da Holanda (835 milhões de euros) para compensar os custos das emissões indiretas da indústria.

Adicionalmente, foi aprovado o programa da Estónia de apoio às empresas dos setores afetados pela guerra na Ucrânia, com uma dotação global de 125 milhões de euros.

Leia Também: Reunião em Bruxelas entre líderes de Sérvia e Kosovo acaba sem acordo

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório