Meteorologia

  • 05 OUTUBRO 2022
Tempo
29º
MIN 16º MÁX 30º

Autorizados 112 milhões de euros para as linhas do Norte e Douro

Nove autorizações de repartições de encargos para obras nas linhas do Norte e do Douro, incluindo a eletrificação até à Régua, foram hoje publicadas em Diário da República, totalizando 112 milhões de euros para a Infraestruturas de Portugal (IP).

Autorizados 112 milhões de euros para as linhas do Norte e Douro
Notícias ao Minuto

15:22 - 12/08/22 por Lusa

Economia Infraestruturas de Portugal

De acordo com as nove portarias conjuntas dos ministérios das Finanças e das Infraestruturas e Habitação, o maior montante hoje autorizado é de até 79 mihões de euros, respeitante à repartição de encargos relativos ao contrato para a empreitada de execução da eletrificação e túneis na linha do Douro, entre Marco de Canaveses (distrito do Porto) e Peso da Régua (Vila Real).

Na mesma linha, a segunda maior 'fatia' é relativa à autorização para a empreitada de conceção-execução da subestação de tração de Bagaúste, num valor de até 12,5 milhões de euros.

Seguem-se 4,4 milhões de euros para a "gestão e fiscalização" da eletrificação e túneis da linha do Douro, 2,25 milhões para a "conceção/construção de telemática ferroviária", 750 mil euros para a "instalação de sistema de informação ao público", 500 mil euros para "videomonitorização" e 410 mil para "telecomando".

No total, para a eletrificação da linha do Douro entre Marco de Canaveses e Peso da Régua, estão previstos 99,8 milhões de euros.

No que diz respeito à linha do Norte, as portarias de hoje autorizam a repartição de encargos relativos à renovação integral de via entre Ovar (Válega) e Espinho, no distrito de Aveiro, num montante de 12,2 milhões de euros.

Dividem-se entre 4,8 milhões para a fiscalização, 3,7 milhões para a "aquisição de travessas de betão bibloco TBBG para aplicação na empreitada" e 3,5 milhões para a "Aquisição de carril 54E1 e 60E1".

As autorizações para repartição de encargos à IP estão sujeitas à "condição de ter financiamento europeu com candidatura aprovada", não devendo a comparticipação pública nacional "ultrapassar um cofinanciamento de 31,02 % do contrato", no caso das obras da linha do Douro, e 25,49% no caso da linha do Norte.

Os valores não incluem IVA.

Leia Também: Fogos consumem 1.700 hectares e cortam circulação ferroviária na Galiza

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório