Meteorologia

  • 05 OUTUBRO 2022
Tempo
29º
MIN 16º MÁX 30º

IP subconcessionou estação de Viana do Castelo a hotel manténdo serviços

A Infraestruturas de Portugal (IP) garantiu hoje que os serviços ferroviários prestados na estação de Viana do Castelo "serão mantidos, embora relocalizados em diversas zonas do edifício" que subconcessiou a um investidor local para a instalação de um hotel.

IP subconcessionou estação de Viana do Castelo a hotel manténdo serviços
Notícias ao Minuto

19:03 - 09/08/22 por Lusa

Economia Ferrovia

Contactada pela agência Lusa, a propósito da informação hoje prestada pelo presidente da Câmara de Viana do Castelo de que a estação de comboios da cidade, construída no século XIX, vai ser transformada em hotel por um investidor local e que o projeto está em fase de licenciamento, a fonte da IP sublinhou que "o serviço de transporte ferroviário não vai sofrer alterações e a área destinada aos passageiros vai ser beneficiada".

"Os serviços ferroviários serão mantidos, embora relocalizados em diversas zonas do piso 0 do edifício de passageiros e antigas instalações sanitárias, nomeadamente as bilheteiras e salas de apoio, a sala de estar e sala de refeições para o pessoal da CP, a sala de telecomunicações, a sala de comando, a sala do inspetor e, o espaço para a vigilância humana", especificou a fonte.

A mesma fonte adiantou que a IP "celebrou um contrato de subconcessão com a Turilima -- Empreendimentos Turísticos do Vale do Lima SA, que prevê a construção de um hotel ocupando parcialmente três edifícios da estação de Viana do Castelo".

"O projeto propõe a criação de 41 quartos no edifício de passageiros e de 15 quartos no antigo armazém de materiais, resultando num total de 56 quartos com capacidade total de 112 utentes".

A Lusa tentou, sem sucesso falar com a administração da Turilima. A empresa detém os hotéis Axis de Viana do Castelo, e de Ofir, em Esposende, no distrito de Braga, entre outros empreendimentos.

De acordo com informação que consta no sítio na Internet da Empresite Portugal, hoje consultada pela Lusa, a Turilima - Empreendimentos Turísticos Do Vale Do Lima, opera no setor há 29 anos.

A "atividade empresarial desenvolvida por esta empresa é em hotéis com restaurante".

Esta empresa tem sede no campo de golfe que se encontra situado na União de Freguesias de Fornelos e Queijada, em Ponte Lima, e pertence ao distrito de Viana do Castelo.

Em declarações aos jornalistas, no final da reunião camarária de hoje, durante a qual foi questionado sobre o projeto, pela bancada do PSD e da CDU, o autarca socialista Luís Nobre adiantou que "a Infraestruturas de Portugal (IP), proprietária do imóvel, entendeu dar uso a um espaço que está devoluto há mais de uma década".

O autarca socialista garantiu que as funções e serviços, atualmente, a funcionar na estação de caminhos-de-ferro "não vão desaparecer, mas serão transferidos para outro local".

"A bilheteira, o bar e outros serviços, vão manter-se. Não podia ser de outra forma. Ninguém ia fazer um investimento de 90 milhões de euros na modernização da Linha do Minho para depois prejudicar esse investimento", sustentou.

Segundo Luís Nobre, o empresário, que já tem uma unidade hoteleira na cidade, "propôs à IP a refuncionalização do edifício em unidade hoteleira, tendo concretizado essa intenção, sendo que, "posteriormente o município foi informado do projeto".

"O município concorda. Faz sentido refuncionalizar aquele imóvel histórico, desde que se garanta e, foi dada essa segurança, que as atuais funções da estação não são prejudicadas. No fundo, trata-se de uma valorização de um edifício que passará a ter uma função dinamizadora, não só da atividade hoteleira, mas também das sinergias que vai criar e na revitalização de toda a envolvente", especificou.

O autarca adiantou que "o município tem estado a acompanhar o processo de licenciamento, juntamente com Direção Regional de Cultura do Norte (DRCN)".

"O projeto inicial está a ser alterado porque inicialmente previa algumas alterações ao nível da cobertura. A DRCN e a Câmara entenderam que não podiam ser efetuadas. O objetivo é manter a fachada e as características históricas do imóvel", referiu.

Leia Também: Viana do Castelo. Estação de comboios vai ser hotel temático

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório