Meteorologia

  • 02 DEZEMBRO 2022
Tempo
13º
MIN 7º MÁX 14º

Ainda não marcou as férias? Oito fatores a ter em conta (para poupar)

Desde a criação de um orçamento ao ser flexível com os seus planos, fique a par de um conjunto de recomendações para conseguir poupar algum dinheiro mesmo se for marcar férias em cima da hora.

Ainda não marcou as férias? Oito fatores a ter em conta (para poupar)
Notícias ao Minuto

07:38 - 28/07/22 por Notícias ao Minuto

Economia Férias

O mês de julho está prestes a terminar, mas ainda há quem não tenha gozado férias. Para garantir melhores condições, o ideal é marcar o período de descanso o mais cedo possível, mas se deixou para a última fique a par de alguns conselhos do Doutor Finanças.

  1. Crie um orçamento - "Um orçamento baseia-se na atribuição de um valor máximo que pretende gastar a uma categoria. Por exemplo, se nas suas férias pretender gastar no máximo 500 euros, este será o seu orçamento. Depois, poderá dividir este valor pelas diversas categorias, desde viagens, alojamento e alimentação. A criação de orçamento é muito importante, pois garante que não ultrapassamos o valor estipulado e gastamos mais dinheiro do que podemos";
  2. Escolha o destino - "Muitas vezes, em particular no verão, optamos por destinos com praia e piscina. No entanto, deve ter em consideração que, quando marca as férias em cima da hora, estes destinos podem não estar disponíveis. Os preços aumentam drasticamente à medida que nos aproximamos da época alta e a disponibilidade de alojamento reduz significativamente. Assim, deve ponderar se vai optar por um destino mais no litoral ou no interior. Regra geral, os destinos de interior são mais baratos nesta altura do ano, assim consegue fazer as suas férias com menos dinheiro. Faça uma pesquisa sobre vários destinos e, tente perceber, quais correspodem às suas necessidades e à quantia que pretende gastar"; 
  3. Pesquise os melhores preços - "Esta tarefa também deve ser feita o mais cedo possível. No entanto, independentemente da altura, há sempre possibilidade de encontrar descontos nas viagens. Para isso, deve realizar uma pesquisa abrangente e fazer comparações de preços";
  4. Evite voos diretos - "Esta é uma daquelas situações em que pode ter de sacrificar a conveniência em troca de um preço melhor. Apesar de um voo direto ser tentador, este pode custar praticamente o dobro quando comparado com outro onde sejam feitas escalas. Parar duas ou três vezes antes de chegar ao seu destino pode ser inconveniente, no entanto, se pensar no valor que vai poupar, pode ser a melhor opção. Durante as escalas pode aproveitar para esticar as pernas e descansar um pouco";
  5. Hotel, hostel ou alojamento local? - "Por vezes, a opção mais cómoda fica a uma valor muito mais alto. Por exemplo, hotéis oferecem mais conforto e relaxamento, no entanto acaba por ter de pagar por isso. Um hostel, por seu turno, já é uma opção mais económica, podendo oferecer menos comodidades. Ainda no que diz respeito a alojamento, pode sempre optar por alugar um apartamento. Uma solução particularmente prática e económica quando se trata de agregados maiores"; 
  6. Entre em contacto diretamente com os locais - "Atualmente, as plataformas de comparação de preços e marcação de alojamentos vieram trazer benefícios, facilitando o lado mais prático destas questões. No entanto, nem sempre os preços que praticam são os melhores. Quando vai marcar as suas férias deve comparar os preços das plataformas de marcação com os preços do alojamento direto";
  7. Evite levar muita bagagem para férias - "Algo a ter em consideração quando vai de férias é a quantidade de bagagem que leva. Deve levar apenas o essencial, especialmente se for viajar de avião. Certos meios de transporte cobram mais quanto mais malas levar";
  8. Seja flexível com os seus planos - "Quando vamos de férias é normal termos certas expectativas. Gostávamos de ficar alojados num certo sítio, com certas comodidades, idealmente perto das maiores atrações. Temos ideia de diversas atividades que gostaríamos de fazer, de certos locais que gostaríamos de visitar. No entanto, especialmente quando se planeia férias em cima da hora, temos de estar dispostos a algumas alterações de planos. Seja por falta de disponibilidade ou por desconexão de períodos, pode não conseguir fazer tudo aquilo que tinha planeado ou visitar todos os locais que queria. Não se preocupe em demasia e aproveite ao máximo todas as oportunidades".

Leia Também: Bolsa de Tóquio fecha a ganhar 0,36%

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório