Meteorologia

  • 18 JULHO 2024
Tempo
31º
MIN 17º MÁX 33º

Literacia financeira? Empresários portugueses lideram entre 14 países

Empresários portugueses ficam em 1.º lugar no indicador global de literacia financeira nas empresas até nove trabalhadores e em 2.º lugar nas empresas entre 10 e 49 trabalhadores.

Literacia financeira? Empresários portugueses lideram entre 14 países
Notícias ao Minuto

13:15 - 18/07/22 por Notícias ao Minuto

Economia Literacia financeira

O 1.º Inquérito à Literacia Financeira aos empresários (proprietários e gestores) de micro e pequenas empresas em Portugal, divulgado esta segunda-feira, revela que os empresários portugueses ficam em 1.º lugar no indicador global de literacia financeira nas empresas até nove trabalhadores e em 2.º lugar nas empresas entre 10 e 49 trabalhadores.

"Os empresários de micro e pequenas empresas portuguesas apresentam dos maiores níveis de literacia financeira entre 14 países da Rede Internacional de Educação Financeira da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento na Europa (OCDE/INFE)", revela o Banco de Portugal (BdP), em comunicado.

O inquérito revela ainda que os indicadores de literacia financeira são "mais elevados nos empresários de pequenas empresas do que nos de microempresas, aumentando com o respetivo volume de negócios".

"A generalidade dos inquiridos tem uma conta bancária para a sua empresa, gerida separadamente da do seu agregado familiar (98,5%), e cerca de metade possui seguros de responsabilidade civil (49,2%), sendo que cerca de 41% referem conhecer o financiamento através do mercado de capitais. Quase dois terços conhece as linhas de crédito protocoladas com o Estado e mais de um quarto (26,3%) contrata este tipo de crédito", pode ainda ler-se.

Relativamente à gestão e planeamento das finanças da empresa, "mais de metade dos inquiridos (54,8%) recorre a contabilistas e mais de um terço a intermediários financeiros (38,8%) para ajuda na tomada de decisões financeiras, sobretudo relacionadas com contabilidade (69,2%) e impostos (47,7%). A generalidade dos empresários dispõe de meios apropriados (seguros, fundos próprios, dinheiro reservado para emergências) para lidar com imprevistos como o roubo de equipamento". 

Leia Também: Oficial: Ex-Sporting Diogo Rosado muda-se para o Lourosa

Recomendados para si

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório