Meteorologia

  • 13 AGOSTO 2022
Tempo
28º
MIN 17º MÁX 28º

Anacom vai ser "intransigente" quanto aos prazos de cobertura

O presidente da Autoridade Nacional de Comunicações (Anacom) afirmou hoje que o regulador vai ser "intransigente" quanto aos prazos que as operadoras têm de cobertura do território em 5G.

Anacom vai ser "intransigente" quanto aos prazos de cobertura
Notícias ao Minuto

18:25 - 05/07/22 por Alexandra Luís

Economia 5G

"Enquanto Autoridade Nacional de Comunicações vamos ser intransigentes quanto ao prazo a que as empresas se comprometeram para cobrir o território nacional", disse João Cadete de Matos, que falava na comissão parlamentar de Economia, Obras Públicas, Planeamento e Habitação, no âmbito de uma audição regimental.

O presidente da entidade reguladora disse que há empresas que têm afirmado que é difícil cumprir os prazos de cobertura, o que considerou "inadmissível".

Sobre a demora do leilão, Cadete de Matos disse: "A Anacom permitiu licitações entre 1% e 20%, é como se nós tivéssemos permitido que na autoestrada se andasse entre 10 quilómetros/hora ou 200 e houve operadores" que optaram por andar "em marcha lenta, sempre a 10 quilómetros por hora".

Portanto, "se nós soubéssemos que esse comportamento se ia verificar teríamos criado regras neste leilão, como aliás outros países têm vindo a fazer, para obrigar a que a conclusão do leilão fosse mais célere", acrescentou.

"Também identificámos na altura, e quero sublinhar esse ponto, que as empresas não tinham, de facto, a ambição e a urgência em oferecer o 5G a todo o país, como aliás está à vista pelos indicadores que disponibilizámos ainda ontem [segunda-feira], em que ao fim de vários meses nós continuamos a ter um desenvolvimento em muitos dos concelhos que não estão ainda servidos", prosseguiu Cadete de Matos.

"Metade dos concelhos de Portugal ainda não tem investimentos 5G", apontou.

A Anacom "vai continuar a fazer tudo ao seu alcance e vamos fazer isso até de uma forma mais intensiva, chamar a atenção das empresas, das autarquias, das universidades, hospitais, portos e aeroportos, que devem pedir às empresas" que adquiriram as licenças que desenvolvam a tecnologia 5G, rematou.

Leia Também: NOS. Anacom tem o "dom de ver tudo sob a perspetiva negativa"

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório