Meteorologia

  • 02 JULHO 2022
Tempo
29º
MIN 16º MÁX 30º

Ucrânia/UE. CCP concorda com concessão de estatuto, mas pede "reflexão"

CCP defende que não devem ser dadas "falsas expetativas" aos países que agora querem aderir à UE.

Ucrânia/UE. CCP concorda com concessão de estatuto, mas pede "reflexão"

Joao Vieira Lopes, presidente da Confederação do Comércio e Serviços de Portugal (CCP), disse, esta quarta-feira, que a organização está de acordo com a posição do Governo em dar um “sinal político” positivo no que diz respeito à concessão à Ucrânia do estatuto de país candidato à União Europeia (UE), mas defende que é preciso “uma reflexão” e que não devem ser dadas “falsas expetativas”.

Esta posição foi conhecida em conferência de imprensa, depois de uma reunião entre os parceiros sociais e o Governo, incluindo o primeiro-ministro, António Costa.

Depois de dizer que a CCP está “de acordo” com “as posições que o Governo tem defendido”, João Vieira Lopes admite que há “algumas reservas no enquadramento”, tendo em conta “a complexidade de uma situação destas”.

“É positivo dar um sinal político, mas não tenhamos ilusões”, notou, referindo que que os alargamentos históricos da União Europeia “não têm tido em conta todas as vertentes” e há países “como Portugal que não têm sido sempre beneficiados e, inclusivamente, criaram-se situações em que não houve garantias suficientes”.

“Da nossa parte achamos que essa reflexão tem de ser feita e que de facto estes alargamentos não podem ser feitos criando falsas expetativas de facilidades aos países, independentemente de estarmos de acordo com o sinal político”, observou.

Recorde-se que já na sexta-feira passada, o primeiro-ministro recebeu todos os partidos com assento parlamentar a propósito do Conselho Europeu, que esta semana discute a concessão do estatuto de candidato à Ucrânia e à Moldova. No final, perante uma posição favorável “quase unânime” de todas as forças políticas, António Costa anunciou que Portugal irá acompanhar o parecer da Comissão Europeia para que seja concedido à Ucrânia e à Moldova o estatuto de países candidatos à União Europeia. 

Leia Também: Eurobarómetro indica que a guerra na Ucrânia "faz aumentar" apoio à UE

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório