Meteorologia

  • 03 FEVEREIRO 2023
Tempo
14º
MIN 6º MÁX 17º

Ligações fluviais entre Lisboa e margem sul restabelecidas

As ligações fluviais entre Lisboa e a margem sul já se encontram restabelecidas depois da greve dos trabalhadores da Transtejo e Soflusa que asseguram a travessia entre as duas margens, disse fonte da empresa à Lusa.

Ligações fluviais entre Lisboa e margem sul restabelecidas
Notícias ao Minuto

11:58 - 13/06/22 por Lusa

Economia Transtejo

Os trabalhadores da Transtejo e da Soflusa iniciaram no sábado uma greve pela valorização salarial e contratação de funcionários que terminou hoje.

Em comunicado, a Transtejo/Soflusa informou, pelas 11h00 que já se encontram "restabelecidas todas as ligações fluviais".

Durante os três dias em que durou a greve a travessia fluvial esteve parada entre as duas margens devido à greve dos trabalhadores das duas empresas, que têm uma administração comum, só navegando os navios de serviços mínimos decretados pelo Tribunal Arbitral do CES -- Conselho Económico e Social.

"Na nossa perspetiva foi uma forma de luta bastante positiva", disse à Lusa Carlos Costa, dirigente do Sindicato dos Trabalhadores Fluviais, em jeito de balanço da greve.

No domingo, de acordo com a empresa registou-se uma adesão à greve na Transtejo de 79%, no balanço do dia.

Já na Soflusa, registou-se uma adesão à greve - total do dia - de 61%, considerando os trabalhadores abrangidos pelo aviso prévio (15h00 horas do dia 12 às 08h00 horas do dia 13 de junho).

Na próxima semana, segundo adiantou Carlos Costa, vai haver também constrangimentos nas carreiras da Soflusa, por falta de maquinistas, pelo que haverá três noites em que só vai circular um navio, prevendo-se que na terça-feira já circule menos um navio da Soflusa, ficando só quatro ao serviço durante o dia.

De acordo com o sindicalista, o problema na Soflusa prende-se com a falta de maquinistas, sublinhando que a empresa precisa de 13 profissionais, lembrando que uma tripulação é composta por um maquinista, um mestre e dois marinheiros.

"A Soflusa precisa de 13 maquinistas para completar as 34 tripulações que tem, porque só tem 11 maquinistas neste momento", explicou.

Segundo a Federação dos Sindicatos de Transportes e Comunicações (Fectrans), a greve foi a resposta dos trabalhadores à proposta da administração, sob orientações do Governo, de 0,9% de aumentos salariais quando se verifica um aumento do custo de vida e quando a inflação homóloga se situou nos 7,2% em abril.

Segundo o Instituto Nacional de Estatística (INE), a taxa de variação homóloga do Índice de Preços no Consumidor (IPC) terá aumentado para 8,0% em maio, face aos 7,2% de abril, o valor mais alto desde fevereiro de 1993.

A Transtejo e a Soflusa têm a mesma administração e ambas asseguram as ligações fluviais entre a margem sul e Lisboa, sendo a Transtejo responsável pela ligação do Seixal, Montijo, Cacilhas e Trafaria/Porto Brandão, no distrito de Setúbal, a Lisboa, enquanto a Soflusa faz a travessia entre o Barreiro, também no distrito de Setúbal, e o Terreiro do Paço, em Lisboa.

Leia Também: Greve na Transtejo e Soflusa pára ligação entre Lisboa e margem sul

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sétimo ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório