Meteorologia

  • 30 JUNHO 2022
Tempo
23º
MIN 15º MÁX 24º

Investimento com financiamento especializado supera valores de 2019

As empresas estão a acelerar os investimentos com recurso ao financiamento especializado, chegando a superar os valores de 2019, anunciou hoje a Associação portuguesa de Leasing, Factoring e Renting (ALF).

Investimento com financiamento especializado supera valores de 2019
Notícias ao Minuto

13:16 - 25/05/22 por Lusa

Economia Associação

Segundo os dados revelados pela ALF relativos ao primeiro trimestre de 2022, "o 'factoring' e o 'renting' já se encontram com valores de produção superiores a 2019, e a locação financeira regista uma taxa de crescimento homóloga de 17,5%".

"Num trimestre em que a economia portuguesa registou um reforço de 11,9% no PIB, relativamente ao período homólogo, o apoio prestado pelos associados da ALF através do 'factoring' [cedência de créditos comerciais de curto prazo por parte de uma empresa a uma instituição financeira] voltou a superar esse indicador, acelerando 33% para 9,84 mil milhões de euros de créditos tomados, em 2022", refere a associação num comunicado hoje divulgado.

De acordo com a ALF, no 'factoring' internacional os créditos tomados cresceram 25% face ao trimestre homólogo para 1,13 mil milhões de euros.

A nível de 'factoring' doméstico, os associados da ALF "contribuíram com o apoio de 4,5 mil milhões de euros", tendo o desempenho superado "em 35,3% o registo do primeiro trimestre do ano passado", ao passo que o 'factoring' com recurso, onde não se verifica a cobertura do risco de crédito, "registou um crescimento de 22,2% face ao período homólogo, para 2,13 mil milhões de euros".

É no 'factoring' com recurso, "ao contrário da perceção inicial", que "se encontra a comparação mais impactante" com os anos pré-pandemia, depois de uma análise da variação de 2019 para 2022 mostrar uma variação que "supera os 60%". Por sua vez, no 'factoring' doméstico sem recurso, "o crescimento face ao 2019 ficou-se pelos 9,4%".

A associação refere que o papel do financiamento especializado no apoio às empresas "obtém melhorias ao longo de todos os indicadores dos três setores de atividade" por si representados.

De acordo com a ALF, a locação financeira registou um reforço de 17,5% no valor da sua produção face ao período homólogo, sendo que o 'leasing' imobiliário foi "o grande impulsionador", depois de crescer 41,2% para 206,9 milhões de euros.

O 'leasing mobiliário' subiu 6,5% em valor, para 388,14 milhões de euros, sendo que as viaturas representam dois terços do valor, "fruto dos 5.834 veículos financiados".

As 12.994 viaturas compradas por 'leasing' e 'renting' no primeiro trimestre equivalem a 30,6% do total do mercado automóvel em Portugal.

Em relação à frota total gerida por 'rentings', "verifica-se a existência de contratos no valor de 1,97 mil milhões de euros, um aumento de 3,7% em relação ao mesmo período de 2021". Em relação a 2019, o 'renting' encontra-se "a crescer 7,4% no número de viaturas geridas e 6,0% no valor da frota".

Citado em comunicado, o presidente da ALF, Luís Augusto, apontou que no primeiro trimestre houve o sentimento de "um clima económico favorável, ao qual o financiamento especializado respondeu com o aumento das dotações para empresas e particulares".

Leia Também: Rússia quer garantir direitos de ex-presidente da Moldova

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório