Meteorologia

  • 26 JUNHO 2022
Tempo
22º
MIN 15º MÁX 22º

Bolsa de Lisboa: Semapa a subir 2,11% e Jerónimo Martins a cair 3,46%

A bolsa de Lisboa estava hoje em alta, com as ações da Semapa a subirem 2,11% para 13,58 euros e as da Jerónimo Martins a caírem 3,46% para 18,69 euros.

Bolsa de Lisboa: Semapa a subir 2,11% e Jerónimo Martins a cair 3,46%
Notícias ao Minuto

09:33 - 16/05/22 por Lusa

Economia Lisboa

Cerca das 09:00 em Lisboa, o PSI avançava 0,21% para 5.717,89 pontos, com 10 'papéis' a subirem de cotação e cinco a caírem.

Às ações da Semapa, seguiam-se as da Altri e da Greenvolt, que se valorizavam 1,85% para 6,62 euros e 1,09% para 6,48 euros, respetivamente.

Outros dos títulos que mais avançavam eram os da EDP, Navigator e BCP, que subiam 0,99% para 4,40 euros, 0,97% para 3,94 euros e 0,85% para 0,15 euros.

Os títulos da NOS e da Sonae também subiam, designadamente 0,68% para 3,85 euros e 0,62% para 0,98 euros.

Em sentido contrário, depois das ações da Jerónimo Martins, as da Corticeira Amorim e dos CTT desvalorizavam-se 0,60% para 10,02 euros e 0,41% para 2,89 euros.

O PSI (Portugal Stock Index) é desde 21 de março o principal índice da Bolsa de Lisboa com uma primeira carteira composta por 15 das 19 empresas que integravam o antecessor PSI20.

Na Europa, as principais bolsas negociavam hoje em baixa, pendentes da Comissão Europeia, que hoje deverá atualizar as previsões económicas para a zona euro e a União Europeia.

Os mercados vão estar hoje pendentes da Comissão Europeia que apresenta as previsões macroeconómicas da primavera, as primeiras realizadas por Bruxelas depois do início da guerra na Ucrânia.

Analistas citados pela Efe referem que os investidores continuam preocupados face a um excessivo abrandamento do ciclo económico, numa altura em que sobem as tensões geopolíticas depois do pedido da Finlândia para aderir imediatamente à Nato.

A Rússia ameaçou a Finlândia com medidas de resposta técnico-militar depois daquele país ter decidido aderir à Nato, que na opinião de Moscovo põe em perigo a estabilidade e a segurança no norte da Europa.

Assim, mantêm-se as pressões inflacionistas num dia que o euro cai para cerca de 1,039 dólares e os juros das dívidas soberanas registam uma subida generalizada.

A bolsa de Nova Iorque terminou em alta na sexta-feira, com o Dow Jones a subir 1,47% para 32.196,66 pontos, contra o máximo desde que foi criado em 1896, de 36.799,65 pontos, registado em 04 de janeiro.

O Nasdaq fechou a valorizar-se 3,82% para 11.805,00 pontos, contra o atual máximo, de 16.057,44 pontos, verificado em 16 de novembro.

A nível cambial, o euro abriu em baixa no mercado de câmbios de Frankfurt, mas a cotar-se a 1,0407 dólares, contra 1,0412 dólares.

O barril de petróleo Brent para entrega em julho abriu em baixa no Intercontinental Exchange Futures (ICE) de Londres, a cotar-se a 109,95 dólares, contra 111,55 dólares na sexta-feira.

Leia Também: Bolsas europeias em baixa à espera das previsões de Bruxelas

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório