Meteorologia

  • 19 SETEMBRO 2021
Tempo
17º
MIN 17º MÁX 26º

Edição

"Empresas devem controlar acesso a dispositivos pessoais"

Um especialista salienta, em entrevista ao Jornal de Negócios, a necessidade de as empresas controlarem os dispositivos pessoais que os funcionários usam para exercer funções laborais, de forma a preservar a privacidade e a impedir que haja perdas de produtividade. Isto numa altura em que o fenómeno 'BYOD' (uso de aparelhos pessoais para trabalhar) se tem vindo a implementar.

"Empresas devem controlar acesso a dispositivos pessoais"

O engenheiro de sistemas da Fortinet Portugal considera que “é importante para as empresas implementar mecanismos de proteção e controlo dos acessos” a dispositivos pessoais para realização de funções laborais.

“Se por um lado os trabalhadores passam a estar sempre contactáveis, também é verdade que a falta de controlo nos dispositivos pessoais pode levar facilmente à utilização muitas vezes abusiva dos recursos disponibilizados aos trabalhadores”, disse Hugo Pernicha, em entrevista ao Jornal de Negócios.

“Os principais problemas neste tipo de cenários são a ausência de controlo do dispositivo e da informação nele contida, o elevado consumo de largura de banda, perda de produtividade, perda de informação e a maior possibilidade de o dispositivo ser alvo de ataques informáticos”, explicou o responsável, que entende que “é vital para as empresas perceberem quem, como e de onde acedem à sua informação digital”.

O especialista destaca, desta feita, os resultados de um estudo que mostra que “mais de 55% dos inquiridos já foi alvo de um ataque nos seus computadores” e que grande parte deles não informa a entidade empregadora do sucedido.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório