Meteorologia

  • 26 MAIO 2024
Tempo
23º
MIN 14º MÁX 23º

UE pode reduzir em mais de um terço importações de gás russo num ano

A União Europeia poderia reduzir as suas importações de gás natural russo em mais de um terço num ano se implementar uma série de recomendações feitas hoje pela Agência Internacional de Energia (AIE).

UE pode reduzir em mais de um terço importações de gás russo num ano
Notícias ao Minuto

12:08 - 03/03/22 por Lusa

Economia AIE

O catálogo de dez medidas propostas pela AIE vai desde a não assinatura de novos contratos de fornecimento com a Rússia, à procura de outros fornecedores, passando pela promoção de todo o tipo de alternativas (energias renováveis, biomassa ou nuclear) e pela melhoria da eficiência energética.

"Já ninguém tem ilusões. A utilização pela Rússia dos seus recursos de gás natural como arma económica e política mostra que a Europa tem de agir rapidamente para enfrentar as consideráveis incertezas sobre os fornecimentos russos no próximo inverno", disse Fatih Birol, diretor executivo da AIE.

As medidas propostas incluem o estabelecimento de uma capacidade mínima de armazenamento de gás para ser mais resistente aos choques do mercado e um mecanismo para tornar os preços da eletricidade menos sensíveis ao aumento dos preços do gás.

A redução da dependência energética da Europa em relação à Rússia, especialmente de gás natural mas também petróleo, será uma das questões-chave a ser discutida na cimeira informal dos líderes da UE de 10 e 11 de março em Versalhes (França).

A Europa não pode "depender de outros, especialmente do gás russo", disse o Presidente francês, Emmanuel Macron, durante o seu discurso televisivo ao país na quarta-feira à noite, no qual afirmou que a cimeira da UE começará a tomar decisões.

A Comissária Europeia para a Energia, Kadri Simson, anunciou durante a apresentação da AIE que na próxima semana apresentará um plano para reduzir a dependência da UE do gás russo, um plano que terá em conta as recomendações da agência, sediada em Paris.

[Notícia atualizada às 12h35]

Leia Também: Viana do Castelo. Enercon recusa carregamento e navio russo fica fundeado

Recomendados para si

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório