Meteorologia

  • 06 OUTUBRO 2022
Tempo
29º
MIN 16º MÁX 30º

OPEP+ aumenta produção em 400.000 barris por dia a partir de abril

A OPEP+, organização que inclui a Rússia, confirmou hoje que vai aumentar a produção em 400.000 barris por dia a partir de abril, um acréscimo planeado desde julho de 2021, foi hoje anunciado.

OPEP+ aumenta produção em 400.000 barris por dia a partir de abril
Notícias ao Minuto

14:47 - 02/03/22 por Lusa

Economia OPEP

A informação do aumento da produção conforme previsto foi feita pela OPEP+ (Organização dos Países Exportadores de Petróleo e 10 aliados independentes) num comunicado depois de uma breve reunião virtual dos ministros da indústria da aliança de 23 países.

"A volatilidade atual não é causada por mudanças nos fundamentos do mercado, mas por acontecimentos geopolíticos atuais", afirma o comunicado.

Os ministros afirmaram no comunicado que havia consenso de que o mercado petrolífero está atualmente "bem equilibrado" e que "a atual volatilidade (dos preços) não é causada por mudanças nos fundamentos do mercado, mas pela atual evolução geopolítica".

Assim, confirmaram "ajustar a produção global (do grupo) para cima em 400.000 barris por dia para o mês de abril", e voltar a reunir-se no dia 31 de abril.

A decisão era esperada pelos mercados, depois de vários membros da OPEP+, incluindo a Arábia Saudita, terem deixado claro que não tencionavam modificar o roteiro em vigor desde agosto de 2021, através do qual aspiram a recuperar gradualmente, até setembro próximo, o nível de produção pré-pandemia.

O ritmo do aumento, de 400.000 barris por dia por mês, é considerado demasiado lento por Washington e por outros países consumidores para travar o aumento dos "preços do petróleo" e da inflação, uma tendência exacerbada pela invasão russa da Ucrânia.

O petróleo Brent, de referência na Europa, estava hoje a cotar-se a 111,59 dólares no mercado de futuros de Londres, mais 6,3% do que no fecho de terça-feira.

A decisão de hoje fixa o limite de produção da OPEP+ em 41,698 milhões de barris por dia, dos quais 24,316 milhões correspondem à OPEP (excluindo a produção da Venezuela, Irão e Líbia) e 16,381 milhões de barris ao conjunto da produção dos 10 produtores independentes aliados.

As quotas da Arábia Saudita (membro da OPEP) e da Rússia (não membro), de longe os maiores produtores e exportadores da aliança, cifram-se em 10,436 milhões de barris por dia cada em abril.

Leia Também: Companhias aéreas asiáticas ficam com 'monopólio' das ligações para Ásia

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório