Meteorologia

  • 18 JULHO 2024
Tempo
27º
MIN 16º MÁX 33º

EDP Brasil anuncia lucro de 377 milhões de euros em 2021

A EDP Brasil lucrou 2,2 mil milhões de reais (377 milhões de euros) em 2021, mais 43,2% do que em 2020 (1,5 mil milhões de reais ou 257 milhões de euros), anunciou a empresa.

EDP Brasil anuncia lucro de 377 milhões de euros em 2021
Notícias ao Minuto

06:18 - 17/02/22 por Lusa

Economia Resultados

O EBITDA (sigla em inglês para lucro antes de taxas, impostos, depreciação e amortização) chegou a 4,3 mil milhões de reais (736 milhões de euros) no ano passado, resultado superior em 28% face a 2020, quando a EDP Brasil somou 3,4 mil milhões de reais (582 milhões de euros).

Segundo o balanço financeiro divulgado na noite de quarta-feira pela empresa, o desempenho no ano de 2021 reflete "o êxito da estratégia apresentada pela companhia em abril do ano passado para o ciclo 2021-2025, com foco nos segmentos de transmissão, energia solar e distribuição."

O diretor executivo da EDP Brasil, João Marques da Cruz, destacou que a companhia obteve em 2021 "resultados recorrentes muito sólidos, com um crescimento de aproximadamente 600 milhões de reais [cerca de 103 milhões de euros] no EBITDA".

"Agora, ficamos com a responsabilidade de fazer com que esses bons números se repitam em 2022. Não será fácil, mas estamos preparados e confiantes de manter o mesmo nível de entrega", acrescentou o executivo.

No que se refere apenas ao quarto trimestre do ano passado, a empresa registou lucro de 809 milhões de reais (138,5 milhões de euros), resultado 15,6% superior ao valor contabilizado no mesmo período de 2020 (699 milhões de reais ou 119,6 milhões de euros).

Já o EBITDA no período de outubro a dezembro de 2021 foi de 1,3 mil milhões de reais (223 milhões de euros), montante 4% inferior verificado no mesmo período do ano anterior (1,4 mil milhões de reais ou 240 milhões de euros).

A EDP informou que adotou em 2021 uma estratégia de criação de valor por meio da rotação de ativos para o segmento de transmissão, a partir de duas transações: a compra da EDP Goiás (antiga Celg T) num leilão realizado em outubro do ano passado, e a venda, no mesmo mês, de três ativos de transmissão nos estados brasileiros do Espírito Santo e Maranhão.

Nestas operações, a EDP Brasil alienou 439 quilómetros de linhas e três subestações e incorporou 756 quilómetros de linhas e 14 subestações.

A EDP Brasil também informou que seus investimentos consolidados totalizaram em 2021 mais de 2,4 mil milhões de reais (468 milhões de euros), montante 28,4% superior ao investimento de 2020 (1,9 mil milhões de reais ou 325 milhões de euros).

A empresa informou que o volume de energia distribuída no país sul-americano, por sua vez, registou um crescimento de 5,5%, em função da recuperação da atividade económica e da expansão no número de clientes.

Além disso, a EDP Brasil beneficiou do reajuste tarifário das distribuidoras no país, que resultou "em aumentos de 46% e 33% da Parcela B, na EDP Espírito Santo e na EDP São Paulo, respetivamente."

Na frente de geração fotovoltaica, a empresa destacou o anúncio de sua primeira fábrica solar de larga escala, Monte Verde Solar, em parceria com a EDP Renováveis.

A EDP Brasil terminou o ano de 2021 com uma dívida 7,9 mil milhões de reais (1,3 mil milhões de euros) montante 28,4% superior à registada ao final de 2020, que totalizava 6,1 mil milhões de reais (cerca de mil milhões de euros).

Leia Também: EDP condenada a pagar mais 5.000 euros nos casos de pré-reforma

Recomendados para si

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório