Meteorologia

  • 29 JUNHO 2022
Tempo
18º
MIN 16º MÁX 24º

Fundo Petrolífero timorense valia, 19,65 mil milhões no final de 2021

O Fundo Petrolífero (FP) de Timor-Leste valia no final do ano passado 19,65 mil milhões de dólares (17,4 mil milhões de euros), mais 480 milhões de dólares do que no final de setembro, de acordo com o relatório trimestral divulgado pelo Banco Central.

Fundo Petrolífero timorense valia, 19,65 mil milhões no final de 2021
Notícias ao Minuto

09:25 - 03/02/22 por Lusa

Economia Banco Central

O relatório trimestral do FP, publicado hoje pelo Banco Central de Timor-Leste (BCTL) mostra que no último trimestre o instrumento, principal fonte do Orçamento Geral do Estado (OGE), teve receitas brutas de 467 milhões de dólares (418,35 milhões de euros).

Essas receitas correspondem a 284,17 milhões de dólares (252 milhões de euros) de contribuições dos contribuintes para o Fundo e 180,43 milhões de dólares (159,8 milhões de euros) de pagamentos de royalties provenientes da Autoridade Nacional do Petróleo.

Os investimentos do FP renderam nos últimos três meses do ano 357,7 milhões de dólares (316 milhões de euros), dos quais 57,72 milhões (51,1 milhões de euros) correspondentes a dividendos e juros e 303,46 milhões (368,61 milhões de euros) "como resultado das alterações do valor de mercados dos instrumentos detidos".

"O resultado foi um retorno para a carteira do Fundo de 1,88%, enquanto o benchmark para o mesmo período foi de 1,91%", explica o BCTL.

No último trimestre do ano saíram do fundo 353,32 milhões de dólares, dos quais 350 milhões como transferência para a conta do Tesouro para financiar o Orçamento Geral do Estado (OGE).

Leia Também: Cotação do barril Brent sobe 0,28% para 89,43 dólares

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório