Meteorologia

  • 18 MAIO 2022
Tempo
16º
MIN 15º MÁX 25º

Concorrência dá luz verde a compra de mais ativos da Meo pela Cellnex

A Autoridade da Concorrência (AdC) deu luz verde à compra pela filial portuguesa do operador espanhol de telecomunicações Cellnex à PT Portugal de mais ativos da infraestrutura passiva da Meo, segundo aviso publicado.

Concorrência dá luz verde a compra de mais ativos da Meo pela Cellnex
Notícias ao Minuto

12:09 - 20/01/22 por Lusa

Economia Concorrência

A operação de concentração, notificada em finais de dezembro, mereceu a deliberação de não oposição da AdC, tomada terça-feira pelo Conselho de Administração do regulador, "uma vez que a mesma não é suscetível de criar entraves significativos" à concorrência efetiva nos mercados identificados.

A operação, que prolonga a colaboração entre a Cellnex e a Meo Portugal iniciada em 2020, consiste na compra de um conjunto de ativos a integrar uma NewCo e que correspondem à infraestrutura passiva para alojamento de equipamento da rede móvel (macro-sites), atualmente detida pela Meo, bem como os correspondentes direitos e todos os contratos relacionados e acordos subjacentes.

"Os ativos PT serão objeto de um 'carve-out' [reorganização societária, na qual a empresa cria uma nova subsidiária] para uma NewCo, e sobre a qual a CLNX Portugal adquirirá o controlo exclusivo", lê-se no aviso.

O Grupo Cellnex é um operador europeu independente de infraestruturas de telecomunicações que suportam equipamentos de ligações sem fios. Em Portugal, a Cellnex - que se dedica principalmente à atividade de instalação e gestão de infraestruturas passivas de suporte a redes de telecomunicações sem fios - detém e explora mais de 5.000 macro-sites, através da OMTEL e ON Tower, segundo o aviso.

Esta operação de concentração surge depois de, em agosto de 2021, a AdC ter também adotado uma decisão de não oposição à compra de 700 tores da Altice pela Cellnex Portugal, por 209 milhões de euros, a quinta transação da Cellnex em Portugal desde setembro de 2018, envolvendo um investimento total superior a 2.000 milhões de euros, segundo comunicado pela empresa na altura.

Em abril de 2020, a Cellnex anunciou a compra à NOS da totalidade do capital social da NOS Towering, num acordo com um pagamento inicial de 375 milhões, mas cujo valor total pode ascender a 550 milhões de euros em seis anos.

Em 2020, os prejuízos da Cellnex agravaram-se para 133 milhões de euros, contra nove milhões um ano antes, devido a "elevadas amortizações" e custos financeiros associados a aquisições, enquanto as receitas atingiram os 1.608 milhões de euros, um aumento de 55% face a 2019.

Na altura da divulgação dos resultados, em fevereiro de 2021, o presidente executivo da Cellnex, Tobias Martinez, afirmou que 2020 tinha sido "um ano excecional na história da Cellnex" e anunciou novas operações de crescimento em Portugal, Áustria, Dinamarca, França, Irlanda, Itália, Holanda, Polónia, Suécia e Reino Unido.

Leia Também: Dalot com números categóricos e distinção em dia de marca redonda

Notícias ao Minuto nomeado para os Prémios Marketeer

O Notícias ao Minuto é um dos nomeados da edição de 2022 dos Prémios Marketeer, na categoria de Digital Media. As votações decorrem até ao próximo dia 31 de maio.

Para nos ajudar a vencer, basta aceder ao site da iniciativa organizada pela revista Marketeer, clicando aqui, e proceder ao preenchimento do formulário, selecionando Notícias ao Minuto na categoria de Digital Media e formalizando depois a votação. Obrigada pela sua preferência!

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório