Meteorologia

  • 29 JUNHO 2022
Tempo
18º
MIN 16º MÁX 24º

Brasil prevê obter a terceira melhor colheita de café da história em 2022

O Brasil calcula que este ano a sua produção de café chegará a 55,7 milhões de sacos de 60 quilogramas, o que, se confirmado, significaria a terceira melhor colheita de história do país, previu hoje o Governo.

Brasil prevê obter a terceira melhor colheita de café da história em 2022
Notícias ao Minuto

15:25 - 18/01/22 por Lusa

Economia Brasil

De acordo com a estimativa da estatal Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), a primeira feita este ano, a produção brasileira de café aumentará 16,8% em relação a 2021, aumento que já era esperado pelo próprio ciclo bianual da cultura do grão.

Se essa previsão se concretizar, o Brasil, que é o maior produtor e exportador mundial de café, obterá o terceiro melhor resultado da sua história após os registados em 2020 e 2018, segundo a Conab.

Em 2021, a produtividade do café caiu acentuadamente no país sul-americano devido às condições climáticas adversas entre os meses de julho e agosto.

A seca e as geadas que ocorreram com maior intensidade nos estados de Minas Gerais, São Paulo e Paraná afetaram os cafezais, segundo a Conab, que indicou que, por isso, a produção, principalmente do tipo arábica, "não manifestará todo o seu potencial" este ano.

Mesmo assim, a colheita da variedade arábica, a mais produzida no Brasil, chegará a 38,7 milhões de sacos, o que equivalerá a um crescimento de 23,4% em relação à anterior.

Para o tipo robusta, espera-se um novo recorde, próximo a 17 milhões de sacos, 4,1% a mais do que a colheita anterior.

A Conab, órgão vinculado ao Ministério da Agricultura, vê no início de 2022 uma "restrição da oferta de café no mercado interno", devido à redução da produção em 2021, mas uma procura externa elevada.

"Apesar da maior produção do país em 2022, a tendência é de que os preços se mantenham pressionados, uma vez que se espera uma redução das reservas mundiais de café para o ciclo 2021/22", o que "estimula as vendas externas", apontou a entidade.

Em 2021, o Brasil exportou cerca de 42,4 milhões de sacos de 60 quilogramas de café verde, o que representou uma queda de 3,3% em relação ao volume exportado em 2020, mas um aumento de 15,3% na faturação, chegando aos 6,4 mil milhões de dólares (5,63 mil milhões de euros).

Contudo, a quantidade exportada de café brasileiro no ano passado foi 14,3% superior à média dos cinco anos anteriores.

Leia Também: Desflorestação na Amazónia brasileira cresceu 29% em 2021

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório