Meteorologia

  • 28 JANEIRO 2022
Tempo
12º
MIN 9º MÁX 17º

Edição

Completar alta velocidade na Galiza requer 1,8 mil milhões de euros

O presidente da Junta ('Xunta') da Galiza, Alberto Núnez Feijóo, quantificou em "1.800 milhões" de euros o montante total das obras que faltam para completar a alta velocidade nesta comunidade autónoma de Espanha.

Completar alta velocidade na Galiza requer 1,8 mil milhões de euros
Notícias ao Minuto

06:36 - 15/01/22 por Lusa

Economia Junta

Feijóo avançou esta informação no Foro do CAV Madrid-Galiza, realizado na sexta-feira em Ourense.

Com a chegada do comboio de alta velocidade (CAV) a Ourense, falta executar, detalhou, a variante exterior da linha, a estação intermodal, na sua parte ferroviária, a remodelação do túnel do Padornelo, e aludiu à "conveniência" de adaptar o troço da via entre Santiago e Ourense, as variantes Lugo-Ourense ou a saída sul de Vigo.

Pelos seus cálculos, faltam executar 1,8 mil milhões de euros, além de outros 4,8 mil milhões, ainda não orçamentados, para cumprir todos os compromissos assumidos com a Galiza.

Em concreto, os 1,865 mil milhões comprometidos têm a ver com obras "já planificadas", como as estações intermodais, a variante de Ourense, a remodelação do túnel de Padornelo ou as ligações entre Lugo-Ourense e a sápida sul de Vigo.

Os 4,8 milhões pendentes são compromissos que se encontram "em planificação", mas que ainda estão por orçamentar, concretizou Feijóo.

Na próxima semana, avançou Feijóo, vai haver uma reunião com a ministra dos Transportes, Raquel Sánchez, na capital galega.

Leia Também: Ligação da alta velocidade portuguesa à espanhola é decisiva, diz AECT

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório