Meteorologia

  • 22 JANEIRO 2022
Tempo
MIN 5º MÁX 14º

Edição

Salários mínimos na UE? "É uma ideia que ainda está em estudo"

Presidente da República adianta que poderá haver um "quadro geral que depois permita aos países e às várias economias terem os regimes próprios", relativamente ao salário mínimo. Isto, também no dia em que promulgou o aumento do salário mínimo nacional para 705 euros em 2022. 

Salários mínimos na UE? "É uma ideia que ainda está em estudo"

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, disse esta segunda-feira que a posição do Conselho da União Europeia sobre os salários mínimos hoje adotada é uma ideia que ainda está em estudo e que será flexível. Isto, também no dia em que promulgou o aumento do salário mínimo nacional (SMN) para 705 euros em 2022. 

"É uma ideia que ainda está em estudo na Europa e é uma ideia flexível, portanto há que esperar para ver e ver se o que vai acontecer não é haver um quadro geral que depois permita aos países e às várias economias terem os regimes próprios", disse o Presidente da República, em declarações transmitidas pela 

"As economias são muito diferentes, com situações diferentes, hoje respondeu-se a uma situação concreta da economia portuguesa", disse Marcelo, referindo-se ao facto de ter promulgado o aumento do salário mínimo para 705 euros no próximo ano

O Presidente da República promulgou, esta segunda-feira, o aumento do SMN para 705 euros em 2022 e, ainda os aumentos de 0,9% na Função Pública, de acordo com uma nota publicada no site da Presidência.

"O Presidente da República promulgou hoje dois decretos do Governo: o que aprova a atualização da retribuição mínima mensal garantida e o que atualiza as remunerações da Administração Pública", pode ler-se. 

O Governo aprovou, na semana passada, a subida do salário mínimo para 705 euros a partir de 1 de janeiro, bem como os apoios às empresas para estes aumentos, adiantou o Executivo, no final do Conselho de Ministros.

O Presidente da República considerou hoje que "a situação crítica pós-pandémica explica a solução" do Governo para o aumento do salário mínimo nacional em 2022, que no seu entender todos gostariam que "fosse mais longe".

"É evidente que todos nós gostaríamos que se fosse mais longe, mas há um conjunto de pequenas e médias empresas e há uma situação crítica pós-pandémica que explica a solução", sustentou.

O Conselho da União Europeia, instituição na qual estão representados os Estados-membros, acordou hoje a sua posição comum para as negociações com o Parlamento Europeu em torno de um quadro legal para "salários mínimos adequados" na União Europeia.

Na posição comum hoje acordada, o Conselho defende que os Estados-membros devem promover o reforço da capacidade dos parceiros sociais para se envolverem na negociação coletiva, apontando que os países onde esta é elevada tendem a ter uma menor proporção de trabalhadores com baixos salários e salários mínimos mais elevados do que os países com uma baixa cobertura de negociação coletiva.

Leia Também: PR promulga subida do salário mínimo e dos ordenados da Função Pública

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório