Meteorologia

  • 16 JANEIRO 2022
Tempo
MIN 7º MÁX 16º

Edição

AHRESP apela ao Governo que promova redução do endividamento das empresas

A AHRESP considera que o “programa Reforçar deve ser regulamentado com a máxima brevidade possível, para que esteja totalmente operacional quando terminarem os períodos de carência das linhas Covid-19”.

AHRESP apela ao Governo que promova redução do endividamento das empresas

A Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal (AHRESP) apelou, esta sexta-feira, a que o Governo promova a redução do endividamento das empresas, pedindo que o programa Reforçar seja regulamentado com brevidade. 

“Para reduzir o esforço mensal das empresas, a AHRESP apela ao Governo que 20% de todo o financiamento concedido no âmbito das linhas de crédito Covid-19 seja convertido em fundo perdido”, adianta a Associação, em comunicado.

Deste modo, a AHRESP considera que o “programa Reforçar deve ser regulamentado com a máxima brevidade possível, para que esteja totalmente operacional quando terminarem os períodos de carência das linhas Covid-19”.

Esta medida, lembra a AHRESP, destina-se a empresas que tenham contraído crédito ao abrigo das linhas Covid-19, apoiando-as na redução do endividamento gerado durante a crise pandémica. 

Leia Também: Portugal com 2.ª maior subida mensal da UE nas vendas a retalho

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório