Meteorologia

  • 24 JANEIRO 2022
Tempo
MIN 6º MÁX 14º

Edição

Compras através das redes sociais mais do que duplicaram em oito anos

De acordo com os resultados da edição de 2021 do estudo 'Os Portugueses e as Redes Sociais' 37,6% dos portugueses com perfil criado em redes sociais afirma já ter feito compras diretamente numa rede social.

Compras através das redes sociais mais do que duplicaram em oito anos

A percentagem de utilizadores que admite já ter feito compras através das redes sociais mais do que duplicou nos últimos outro anos, de acordo com um estudo da Marktest.

De acordo com os resultados da edição de 2021 do estudo 'Os Portugueses e as Redes Sociais' 37,6% dos portugueses com perfil criado em redes sociais afirma já ter feito compras diretamente numa rede social.

"Desses, a maioria fez a última compra através do Facebook (59,7%), mas as referências ao Instagram como local da última compra são hoje 35 vezes maiores do que o valor obtido em 2013 e cresceram mais de 50% face a 2020, sendo agora indicado por quase um em cada três entrevistados que referiu ter feito compras em redes sociais", pode ler-se num comunicado a que o Notícias ao Minuto teve acesso. 

O que mais se compra? A última compra realizada por estes indivíduos nas redes sociais foi roupa (39%), calçado (11%) e artigos para o lar (10%), de acordo com o mesmo estudo. 

"De um modo geral, classificam muito positivamente essa experiência de compra, com 73% dos que referiram já ter feito compras nas redes sociais a atribuírem a essa experiência uma classificação entre 8 e 10. O valor médio atribuído foi de 8.15", pode ainda ler-se. 

Leia Também: PlayStation revelou os jogos gratuitos de dezembro

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório