Meteorologia

  • 20 MAIO 2022
Tempo
18º
MIN 18º MÁX 34º

Exportações e importações diminuem em Cabo Verde em outubro

As exportações e as importações em Cabo Verde diminuíram 14,3% e 6,4%, respetivamente, em outubro, face ao mesmo período do ano passado, segundo dados divulgados hoje pelo Instituto Nacional de Estatísticas (INE).

Exportações e importações diminuem em Cabo Verde em outubro
Notícias ao Minuto

14:35 - 30/11/21 por Lusa

Economia Exportações

De acordo com os dados provisórios do Comércio Externo, em outubro de 2021 as exportações de Cabo Verde totalizaram 516 milhões de escudos (4,6 milhões de euros), correspondendo a uma diminuição de 86 milhões de escudos (778 mil euros).

No mês passado, a Europa continuou a ser o principal cliente de Cabo Verde, absorvendo cerca de 91,5% do total das exportações cabo-verdianas, prosseguiu o INE.

A nível de países, a Espanha o lidera o ranking dos principais clientes de Cabo Verde na zona económica europeia, representando 72,1% no mês de outubro de 2021.

Portugal ocupa o segundo lugar na estrutura das exportações (11,2%), seguido dos Estados Unidos da América (8,1%) e da Itália (7,0%).

No mês de outubro de 2021, os produtos mais exportados por Cabo Verde foram os preparados e conservas de peixes (76,7%), seguidos das bebidas alcoólicas (6,5%) e vestuários (5,7%).

No período em análise, as importações de Cabo Verde diminuíram 6,4%, face ao mês de outubro de 2020.

O continente europeu continuou a ser o principal fornecedor de Cabo Verde, com um peso de 72,0% do montante total, seguido de Ásia/Oceânia (16,7%), América (6,2%), Resto do Mundo (2,7%) e África (2,4%).

A nível de países, Portugal lidera entre os fornecedores de Cabo Verde, com 46,8% do total, seguido de Espanha (8,8%), China (7,5%), Países Baixos (6,2%) e Omã (3,3%).

Em outubro, os produtos mais importados por Cabo Verde foram os combustíveis (14,2%), seguido dos reatores e caldeira (7,0%), veículos automóveis (6,8%), ferro e suas obras (5,3%), máquinas e motores (5,3%) e arroz (4,4%).

Relativamente às importações por grandes categorias de bens, em outubro Cabo Verde importou mais bens de consumo (19,5%) e combustíveis (115%), em relação ao mesmo mês de 2020.

Em sentido inverso, houve uma queda nos bens intermédios (-14,7%) e nos bens de capital (-64,7%).

Em outubro, ainda segundo o INE, houve um aumento das reexportações em (281,5%), um défice da balança comercial de 5,6% e a taxa de cobertura decresceu 0,8 pontos percentuais.

Leia Também: Governo não prevê novas restrições no setor da cultura

Notícias ao Minuto nomeado para os Prémios Marketeer

O Notícias ao Minuto é um dos nomeados da edição de 2022 dos Prémios Marketeer, na categoria de Digital Media. As votações decorrem até ao próximo dia 31 de maio.

Para nos ajudar a vencer, basta aceder ao site da iniciativa organizada pela revista Marketeer, clicando aqui, e proceder ao preenchimento do formulário, selecionando Notícias ao Minuto na categoria de Digital Media e formalizando depois a votação. Obrigada pela sua preferência!

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório