Meteorologia

  • 18 JANEIRO 2022
Tempo
MIN 5º MÁX 14º

Edição

Trabalhadores das Finanças iniciam amanhã greve de cinco dias

Em cada um dos dias será destacado "um dos aspetos da complexidade da atividade da AT", segundo um comunicado enviado às redações. 

Trabalhadores das Finanças iniciam amanhã greve de cinco dias

Os trabalhadores da Autoridade Tributária (AT) iniciam, na quarta-feira, uma greve de cinco dias para alertarem para a "falência do setor", sendo que em cada um dos dias será destacado "um dos aspetos da complexidade da atividade da AT", segundo um comunicado enviado às redações. 

No primeiro dia a Direção do Sindicato dos Trabalhadores dos Impostos (STI), estará com funcionários dos serviços aduaneiros no Terminal de Alcântara, Lisboa, no segundo dia no Serviço de Finanças de Lisboa 1, no terceiro dia decorrerá uma concentração em frente ao Ministério das Finanças, no quarto dia o foco será na Loja do Cidadão das Laranjeiras e no quinto e último dia no Aeroporto de Lisboa.

"O STI recorda que na greve está em causa a regulamentação prometida há 2 anos, sendo o Governo em funções competente para tal", pode ler-se no mesmo comunicado.

Além disso, "a greve é também um protesto contra a crescente degradação do funcionamento da AT, a deficiente gestão de Recursos Humanos, a robotização das funções inspetivas e a falta de condições para prestar um bom e eficaz serviço no apoio ao cumprimento do controlo da fronteira externa da União Europeia e a prevenção, investigação e combate à fraude e evasão fiscal e aduaneira". 

Leia Também: Juros da dívida caem e a dois anos para novo mínimo

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório