Meteorologia

  • 20 JANEIRO 2022
Tempo
14º
MIN 5º MÁX 14º

Edição

Bruxelas reúne toda a informação sobre financiamentos para a Cultura

Todas as 75 oportunidades de financiamento europeu disponíveis para os setores culturais e criativos até 2027 foram reunidas num só balcão digital, para facilitar o acesso aos apoios financeiros, anunciou hoje a Comissão Europeia.

Bruxelas reúne toda a informação sobre financiamentos para a Cultura
Notícias ao Minuto

18:22 - 29/11/21 por Lusa

Economia Online

De acordo com a Comissão Europeia, foi criado o CulturEU, uma ferramenta interativa que encaminha "qualquer entidade cultural europeia para o apoio financeiro da União Europeia [UE] mais adequado que se encontra à sua disposição".

O CulturEU "estará disponível em todas as línguas da UE no início de 2022".

Num balcão único estarão reunidas "75 oportunidades de financiamento de 21 programas da UE diferentes", disponíveis no período 2021-2027, como o Europa Criativa, o fundo de coesão, o fundo de desenvolvimento regional e os fundos do Mecanismo de Recuperação e Resiliência.

A título de exemplo, Bruxelas explica que, através do CulturEU, será possível aceder a quase 2,2 mil milhões de euros do programa Europa Criativa (2021-2027), a 26,2 mil milhões de euros do programa Erasmus+, ou a 7,6 mil milhões de euros do programa Digital Europe.

Este levantamento "sem precedentes" dos tipos de financiamento "permite a todos os agentes culturais encontrar, em apenas três cliques, o financiamento europeu que mais se lhes adequa de entre as 75 oportunidades existentes", afirmou a comissária europeia Mariya Gabriel, responsável pela Inovação, Investigação, Cultura, Educação e Juventude, em comunicado.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório