Meteorologia

  • 05 JULHO 2022
Tempo
18º
MIN 17º MÁX 32º

Trabalhadores da Transtejo marcam greve parcial entre 20 e 23 de dezembro

Os trabalhadores da Transtejo anunciaram um novo período de greves parciais de 20 a 23 de dezembro, caso as reuniões com a administração da empresa e com o Ministério do Ambiente não satisfaça as suas reivindicações, foi hoje anunciado.

Trabalhadores da Transtejo marcam greve parcial entre 20 e 23 de dezembro
Notícias ao Minuto

13:08 - 26/11/21 por Lusa

Economia Paralisação

Em comunicado hoje divulgado, a Federação dos Sindicatos dos Transportes e Comunicações (Fectrans) revelou que os trabalhadores da transportadora fluvial, reunidos na quarta-feira, decidiram pedir reuniões tanto à administração da empresa como ao Ministério do Ambiente, que tutela os transportes urbanos, além de uma nova paralisação parcial.

"Os trabalhadores não entendem que noutras empresas públicas tenham sido reabertos processos de negociação e, nas tuteladas pelo MAAC [Ministério do Ambiente e Ação Climática], continuem sem respostas", pode ler-se na nota do sindicato.

Desta forma, o sindicato refere que "será a administração/governo a decidirem se querem ou não que os trabalhadores desenvolvam novas formas de luta".

Os trabalhadores da Transtejo, juntamente com os da Soflusa, fizeram várias greves parciais durante este ano, a última das quais em 21 de setembro, devido a falhas nas negociações salariais entre a administração da empresa e os sindicatos, tendo o Ministério do Ambiente reunido igualmente com os sindicatos na tentativa de desbloquear a situação.

A última greve parcial aconteceu entre 08 e 12 de novembro, durante três horas por turno, tendo abrangido vários setores durante a semana, culminando com todas as categorias profissionais em greve no último dia.

As reivindicações dos trabalhadores são relativas a este ano, e "podem ser suportadas pelos orçamentos da empresa e do Estado", pelo que a situação entretanto criada pelo chumbo da proposta orçamental e marcação de eleições legislativas "não inviabiliza situações, basta haver vontade do Governo", referiu o sindicato.

A Transtejo assegura as ligações fluviais entre o Seixal, Montijo, Cacilhas e Trafaria/Porto Brandão, no distrito de Setúbal, e Lisboa, enquanto a Soflusa é responsável por ligar o Barreiro à capital.

Leia Também: Adesão à greve parcial na Transtejo foi de 71% no período da manhã

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório