Meteorologia

  • 26 JANEIRO 2022
Tempo
13º
MIN 7º MÁX 15º

Edição

Poupar o ambiente e a carteira: Dicas para reduzir as faturas da energia

Há despesas às quais não podemos fugir, como é o caso das da energia, mas é possível, através da eficiência do consumo, poupar nestas faturas. Conheça algumas dicas.

Poupar o ambiente e a carteira: Dicas para reduzir as faturas da energia

Aproxima-se o Dia Mundial da Poupança, que se assinala no dia 31 de outubro, e, como é habitual, por esta altura fala-se muito sobre a importância de se ter uma 'almofada' financeira para para imprevistos. Ora, há despesas às quais não podemos fugir, como é o caso das da energia, mas é possível, através da eficiência do consumo, poupar nestas faturas. 

Deste modo, a Unión de Créditos Inmobiliarios (UCI) reuniu cinco dicas que podem ajudar a poupar não só o ambiente como também a carteira dos portugueses. Tome nota: 

1. Apostar no isolamento térmico (chão, as paredes e as janelas)

"Uma casa com boas janelas e sistemas de isolamento pode poupar até 30%. Para paredes e tetos, o isolamento também pode ser melhorado em até 25% com a utilização de tintas térmicas". 

2. Instalar um sistema de aquecimento eficiente

"Os sistemas de aquecimento a carvão ou a óleo não são bons para a eficiência energética. Em vez disso, é melhor utilizar gás ou energia de fonte renovável, tais como aerotérmica (bomba de calor que utiliza ar e depende das condições climáticas exteriores) ou geotérmica (bomba de calor de água que vem do subsolo)."

3. Investir em painéis solares

"Para a eficiência energética do lar é aconselhável recorrer a fontes de energia renováveis. A opção mais comum são os painéis solares fotovoltaicos, que são viáveis na grande maioria das propriedades e que contribuem para poupanças significativas nas contas de eletricidade."

4. Optar por iluminação mais eficiente

"Uma casa com uma instalação elétrica muito antiga é uma fonte de desperdício de energia e dinheiro, pelo que é fundamental renová-la."

5. Repensar o sistema de aquecimento de água

"A fim de ter uma casa sustentável, é aconselhável evitar caldeiras elétricas para água quente. A melhor opção em edifícios residenciais é um sistema central de água quente ou, em edifícios independentes, a utilização de painéis solares ou um sistema aerotérmico."

Leia Também: Portugal sobe um lugar no índice da igualdade de género. Está em 15.º

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório