Meteorologia

  • 01 DEZEMBRO 2021
Tempo
MIN 6º MÁX 17º

Edição

Governo dos Açores vai entregar a privado exploração de fábrica de atum

O presidente do Governo dos Açores anunciou hoje que a Fábrica de Santa Catarina, ligada à captura/transformação do atum e alvo de intervenção pública, vai passar a ser explorada por um privado.

Governo dos Açores vai entregar a privado exploração de fábrica de atum
Notícias ao Minuto

06:21 - 28/10/21 por Lusa

Economia Açores

José Manuel Boleiro referiu que o "modelo que o Governo dos Açores escolheu para garantir a continuidade do emprego, da atividade e da marca foi essa", tratando-se de "um acordo de sucesso" pelo período de dez anos, sendo que a unidade fabril vai ser alvo de um processo de modernização.

Em 2008, o Governo Regional, liderado pelo PS, anunciou a decisão de comprar a fábrica de conservas Santa Catarina para evitar o desemprego de mais de uma centena de trabalhadores.

A fábrica, localizada em São Jorge, recuperada nos anos 90 pela Câmara Municipal da Calheta, enfrentava grandes dificuldades financeiras, possuindo atualmente 140 trabalhadores.

José Manuel Boleiro frisou que os privados dão a "garantia e o compromisso de manutenção dos postos de trabalho".

A fábrica de atum Santa Catarina, instalada na fajã Grande, na Calheta, foi construída em 1940.

"A conserveira tem um grande impacto na ilha, umas 500 pessoas dependiam disto. O Governo Regional pegou na fábrica e tornou-a uma empresa de capitais públicos açorianos", referiu, na altura, o presidente do conselho de administração.

Leia Também: Presidente do Governo dos Açores diz que chumbo é decisão soberana da AR

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório