Meteorologia

  • 03 DEZEMBRO 2021
Tempo
15º
MIN 8º MÁX 16º

Edição

Cabo Verde TradeInvest vê regresso de cruzeiros como sinal de recuperação

A Cabo Verde TradeInvest considerou hoje que o regresso de navios de cruzeiros ao país, mais de um ano depois, é um "sinal importante" da recuperação do turismo e da retoma da economia do arquipélago.

Cabo Verde TradeInvest vê regresso de cruzeiros como sinal de recuperação
Notícias ao Minuto

15:07 - 22/10/21 por Lusa

Economia Turismo

"Depois de mais de um ano e meio, os navios de cruzeiro regressaram esta semana às ilhas de São Vicente, Santo Antão e Santiago. Um sinal importante da recuperação do turismo e da retoma da economia nacional", considerou a instituição cabo-verdiana.

No fim de semana, turistas de navios cruzeiros voltaram a Cabo Verde, com a chegada do "MS Europa 2", de 225 metros de comprimento, ao Porto Grande, na ilha de São Vivente, o primeiro do género nos últimos 19 meses.

O navio foi para a ilha de Santo Antão e depois para a cidade da Praia, na ilha de Santiago, mais de um ano depois devido à covid-19, cujo primeiro caso foi registado no país em 19 março de 2020.

A agência governamental de promoção de investimentos garantiu que o país vai dar continuidade à campanha de vacinação contra a covid-19 e manter e reforçar as medidas de prevenção e combate permanente à pandemia.

Mais de metade da população de Cabo Verde (50,9%) já tem a vacinação completa contra a covid-19 e 79,6% já recebeu pelo menos uma dose, segundo informações das autoridades cabo-verdianas, considerando ser um sinal de "otimismo" para a retoma do turismo.

O objetivo do país é chegar a 85% da população com pelo menos uma dose de vacina contra a covid-19 até final deste mês de outubro.

Cabo Verde recebeu em 2019 um recorde de 819 mil turistas, mais de 40% com destino à ilha do Sal. Contudo, devido às restrições impostas pela pandemia de covid-19, a procura turística pelo arquipélago recuou mais de 70% em 2020, sendo este um setor que garante cerca de 25% do Produto Interno Bruto do país.

Além dos navios de cruzeiros, operadores aéreos de outros países já começaram a retomar viagens para Cabo Verde, nomeadamente a TUI, o maior grupo de turismo e viagens europeu, após suspensões devido à pandemia da covid-19, em março de 2020.

No sábado, o país vai receber o primeiro voo charter proveniente da Bulgária, o que é considerado pelo Instituto do Turismo como uma "excelente iniciativa" para diversificar os mercados emissores do turismo para o arquipélago.

"Para o Instituto do Turismo de Cabo Verde, esta é uma excelente iniciativa que vai abrir uma nova operação turística para Cabo Verde, indo ao encontro da estratégia do país na diversificação dos mercados emissores do turismo, ao qual o instituto se associa e conta com a colaboração e apoio de todos os 'stakeholders' do setor", salientou.

Leia Também: Turistas de navios cruzeiros voltaram hoje a desembarcar em Cabo Verde

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório