Meteorologia

  • 27 NOVEMBRO 2022
Tempo
12º
MIN 8º MÁX 19º

"Empresas têm demonstrado enorme confiança no futuro da nossa economia"

António Costa destaca o investimento empresarial no país, esperando que este ano seja alcançado um novo máximo histórico. Na perspetiva do primeiro-ministro, este investimento traduz-se também no crescimento das exportações.

"Empresas têm demonstrado enorme confiança no futuro da nossa economia"
Notícias ao Minuto

16:44 - 11/10/21 por Notícias ao Minuto

Economia António Costa

O primeiro-ministro, António Costa, sublinhou, esta segunda-feira, que as empresas portuguesas têm demonstrado confiança na economia, esperando que este ano seja fixado um novo máximo relativamente ao investimento empresarial. 

"As empresas têm demonstrado enorme confiança no futuro da nossa economia. Hoje sabemos que o primeiro semestre deste ano fixou um novo máximo histórico de investimento empresarial do nosso país e tudo indica - creio que já não há possibilidade de não ser assim - que este ano de 2021 será um novo máximo de investimento direto estrangeiro", disse o primeiro-ministro, à margem da cerimónia da primeira pedra da nova fábrica da BorgWarner, no Parque Empresarial de Lanheses, e em declarações transmitidas pela RTP3. 

Costa destacou ainda o impacto deste investimento nas exportações, justificando com os números que foram divulgados, esta segunda-feira, pelo Instituto Nacional de Estatística (INE). 

"Esta confiança e este investimento têm tido justificação e ainda hoje o INE nos deu a conhecer que o aumento das exportações este ano já está 4% acima do nível das exportações em Portugal antes da crise da Covid. Ou seja, 4% acima do que estávamos em 2019", disse o primeiro-ministro. 

As exportações portuguesas de bens aumentaram 16,6% e as importações subiram 21,9% em agosto deste ano face ao mesmo mês de 2020, divulgou o INE.

"As empresas portuguesas demonstraram uma importante resiliência, confiança e continuaram a investir e esse investimento tem tido tradução, por um lado no emprego, mas também na capacidade de aumentar a exportação da nossa economia", acrescentou. 

A terceira fábrica da BorgWarner em Viana do Castelo vai começar a produzir motores elétricos para o setor automóvel em 2023, num investimento de 25 milhões de euros e criar mais 300 novos postos de trabalho.

Atualmente, em Viana do Castelo a Borgwarner tem um volume de negócios de 170 milhões de euros, prevendo-se a duplicação deste valor, com o novo investimento.

Leia Também: Exportações aumentam 16,6% e importações sobem 21,9% em agosto

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório