Meteorologia

  • 28 NOVEMBRO 2021
Tempo
14º
MIN 7º MÁX 14º

Edição

PSI20 segue em terreno positivo com ações da EDP a puxarem pelos ganhos

A bolsa de Lisboa seguia hoje em terreno positivo, mantendo a tendência da abertura, com as ações da EDP a puxarem pelos ganhos.

PSI20 segue em terreno positivo com ações da EDP a puxarem pelos ganhos
Notícias ao Minuto

09:48 - 29/09/21 por Lusa

Economia PSI20

Na terça-feira, o PSI20 encerrou com uma descida de 1,13% para 5.388,36 pontos, em linha com a tendência negativa das bolsas europeias.

Hoje, pelas 09:00, o PSI20 seguia em alta de 0,59% para 5.420,07 pontos, com 12 ações em alta, duas em baixa e cinco inalteradas.

A EDP Renováveis e a Sonae lideravam os ganhos, com as ações a avançarem 1,71% e 1,28% para 21,44 euros e 0,91 euros, respetivamente.

A Sonae Investments e o BPI anunciaram na terça-feira após o fecho do mercado que terminaram um acordo, que durava desde 2007, relativo ao capital da Sonae SGPS, passando a empresa agora a deter a participação de 4,26%, foi hoje comunicado ao mercado.

De acordo com a informação remetida à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), em causa está o 'cash settled equity swap', celebrado em 15 de novembro de 2007, entre a Sonae Investments e o BPI, abrangendo, atualmente, 86.146.422 ações da Sonae, representativas de 4,26% do capital social.

A EDP e a Jerónimo Martins seguiam também em alta de 1,05% e 0,86% para 4,63 euros e 17,21 euros, respetivamente.

As ações do BCP seguiam inalteradas nos 0,15 euros.

Do lado das perdas seguiam apenas a Novabase e a Galp, a caírem 1,04% e 0,87% para 4,25 euros e 9,35 euros, respetivamente.

As principais bolsas europeias estavam hoje a negociar em alta, numa sessão em que os juros da dívida soberana abrandam e o preço do petróleo cai, mas em que se mantêm os receios de uma subida persistente da inflação.

Apesar dos receios de uma subida persistente da inflação, os juros da dívida dos Estados Unidos estavam hoje a cair ligeiramente, para 1,513%, bem como os da Alemanha, que desciam para -0,211%.

Também em baixa, o preço do petróleo Brent, de referência na Europa, descia hoje mais de 2%, depois de na terça-feira ter ultrapassado a barreira dos 80 dólares.

O presidente da Reserva Federal dos EUA (Fed), Jerome Powell, admitiu na terça-feira que a inflação nos Estados Unidos é mais preocupante e estrutural do que no princípio deste ano e afirmou que os problemas da cadeia de abastecimento no país, um dos principais motivos da elevada inflação, "não só não melhoraram, como em alguns casos pioraram".

O presidente da Fed, Jerome Powell, compareceu na terça-feira numa comissão do Senado dos EUA para falar sobre as medidas adotadas para travar a deterioração económica provocada pela pandemia.

A nível cambial, o euro abriu em baixa no mercado de câmbios de Frankfurt, a cotar-se a 1,1666 dólares, um mínimo desde 03 de novembro de 2020, contra 1,1682 dólares na terça-feira e o atual máximo desde maio de 2018, de 1,2300 dólares, em 05 de janeiro.

O barril de petróleo Brent para entrega em novembro abriu em baixa no Intercontinental Exchange Futures (ICE) de Londres, a cotar-se a 77,61 dólares, contra 79,09 dólares na terça-feira e 79,55 dólares em 27 de setembro, um máximo desde outubro de 2018.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório