Meteorologia

  • 25 OUTUBRO 2021
Tempo
17º
MIN 14º MÁX 23º

Edição

Câmaras de Comércio portuguesas preparam presença do Brasil na Web Summit

A participação brasileira na Web Summit, que decorrerá presencialmente em Lisboa em novembro, foi abordada hoje na reunião anual da Federação das Câmaras de Comércio Portuguesas no Brasil, país que terá, pelo primeiro ano, um 'stand' no evento.

Câmaras de Comércio portuguesas preparam presença do Brasil na Web Summit
Notícias ao Minuto

23:56 - 20/09/21 por Lusa

Economia Web Summit

"Um dos temas importantes que tratamos na reunião de hoje foi a missão Web Summit. (...) Agora, pelo primeiro ano, o Brasil vai estar presente com um 'stand' na Web Summit. É um ano muito importante para o Brasil, até porque os organizadores da Web Summit estão a decidir onde farão um evento semelhante aqui, no Brasil, e, portanto, o Brasil quer estar presente", disse à Lusa Nuno Rebelo de Sousa, vice-presidente da Federação das Câmaras Portuguesas no Brasil.

"É a nossa grande missão e é um grande momento para os brasileiros, depois de terem estado 18 meses confinados em casa. Estamos muito otimistas em relação ao volume de pessoas que mostraram interesse. Obviamente que temos a Expo Dubai, que faz concorrência, mas estão todos muito otimistas em relação ao evento, que será um grande sucesso", acrescentou o português, em Brasília.

Apesar da missão levada a cabo pelas Câmaras de Comércio portuguesas no Brasil ser mais vocacionada para a iniciativa privada, com foco em investidores, empresários e 'startups', Nuno Rebelo de Sousa revelou que "todos os anos" acabam "por acomodar também uma missão mais institucional, de governos estaduais ou de prefeituras" que querem marcar presença naquela que é uma das principais iniciativas de tecnologia do mundo.

"Estamos muito positivos em relação a fazer uma missão mista este ano, com integrantes públicos e privados de todo o Brasil", acrescentou Nuno Rebelo de Sousa, revelando que Estados como o Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Ceará, Espírito Santo ou o Distrito Federal têm interesse em levar uma missão ao evento em Portugal.

"Nós sentimos um ânimo muito grande do Brasil, como nunca sentimos em anos anteriores", frisou, no final da reunião anual, que decorreu na Embaixada de Portugal na capital brasileira e que juntou 15 das 18 Câmaras de Comércio portuguesas.

A participação brasileira na web Summit esteve ainda em foco numa outra reunião convocada pela Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), que decorreu na tarde de hoje em Brasília e que juntou, além de Nuno Rebelo de Sousa, Armando Abreu, presidente Federação das Câmaras de Comercio Portuguesas no Brasil, Francisco costa, diretor da Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal (AICEP), e Luís Faro Ramos, embaixador de Portugal em Brasília.

A par da missão da Web Summit, Nuno Rebelo de Sousa salientou que aproveitará para abordar o programa Portugal 2030, que será um atrativo para uma "nova onda de investimento brasileiro em Portugal".

"Vai ser lançado agora, no início de outubro, o Programa Portugal 2030, de atração de investimento produtivo em Portugal, um novo pacote de incentivo que tem tido um grande interesse por parte de empresários brasileiros. Tivemos o Portugal 2020, que acabou há mais de um ano e meio, e agora temos uma nova lufada de ar fresco, para nós, Câmaras, divulgarmos esse pacote, (...) que é um atrativo para assistimos a uma nova onda de investimento brasileiro em Portugal, (...) e que casará muito bem com a nssa missão do web summit em Portugal", concluiu.

A Web Summit vai decorrer na Altice Arena, em Lisboa, entre 01 e 04 de novembro, depois de a edição de 2020 ter decorrido de forma totalmente 'online'.

A comediante Amy Poehler, o presidente da Microsoft Brad Smith, a comissária europeia Margrethe Vestager e o jogador de futebol Gerard Pique irão juntar-se aos mais de 1.000 oradores, as cerca de 1.250 'startups', 1.500 jornalistas e mais de 700 investidores, numa cimeira na qual serão discutidos temas como tecnologia e sociedade, entre outros, de acordo com a organização.

Entre os vários oradores está o responsável pela Alexa da Amazon, Tom Taylor, o jogador de futebol espanhol e campeão mundial Iker Casillas, a portuguesa Daniela Braga, fundadora da DefinedCrowd, que foi convidada para integrar a 'task-force' da Administração de Joe Biden para a estratégia da inteligência artificial, a presidente executiva da Ofcom, Melanie Dawes, entre outros.

O primeiro-ministro, António Costa, e o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, integram a lista dos primeiros 150 oradores divulgados pela Web Summit.

Leia Também: Web Summit vai ser presencial este ano em Lisboa, anuncia Paddy Cosgrave

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório