Meteorologia

  • 18 OUTUBRO 2021
Tempo
22º
MIN 16º MÁX 28º

Edição

Bolsa de Lisboa em alta, com CTT a subir mais de 11,50%

A bolsa de Lisboa estava hoje em alta, a manter a tendência da abertura, com 13 títulos do PSI20 a subirem, liderados pelos dos CTT, que avançavam 11,52% para 4,89 euros.

Bolsa de Lisboa em alta, com CTT a subir mais de 11,50%
Notícias ao Minuto

10:21 - 06/08/21 por Lusa

Economia PSI20

Cerca das 09h20 em Lisboa, o principal índice da bolsa, o PSI20, subia 0,65% para 5.166,67 pontos, com 13 'papéis' a avançarem, três a descerem e dois a manterem a cotação (EDP Renováveis em 20,40 euros e NOS em 3,23 euros).

Na quinta-feira, os CTT anunciaram que registaram lucros de 17,2 milhões de euros no primeiro semestre, o que compara com prejuízos de dois milhões de euros em igual período de 2020.

Em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), a empresa liderada por João Bento adiantou que o resultado líquido de 17,2 milhões de euros nos primeiros seis meses do ano foi "impulsionado principalmente pelo crescimento no EBIT [resultado operacional] recorrente".

Os títulos da Altri, Corticeira Amorim e Ibersol eram outros dos que mais avançavam, já que subiam 1,17% para 5,18 euros, 1,02% para 11,90 euros e 0,99% para 6,12 euros.

As ações da Semapa e Ramada Investimentos valorizavam-se 0,70% para 11,52 euros e 0,69% para 5,80 euros.

Em sentido contrário, as ações da Novabase e da Jerónimo Martins recuavam 0,42% para 4,70 euros e 0,40% para 17,23 euros.

Na Europa, as principais bolsas estavam hoje em baixa, com os investidores à espera do relatório do emprego nos Estados Unidos em julho.

Além do relatório do emprego nos EUA, os investidores estão hoje pendentes da publicação do dado da produção industrial na Alemanha em junho.

A bolsa de Nova Iorque terminou em alta na quinta-feira, com o Dow Jones a subir 0,78% para 35.064,25 pontos, contra o atual máximo desde que foi criado em 1896, de 35.144,31 pontos, verificado em 26 de julho.

No mesmo sentido, o Nasdaq fechou a valorizar-se também 0,78% para 14.895,12 pontos, contra o atual máximo, de 14.840,71 pontos, registado também em 26 de julho.

A nível cambial, o euro abriu em baixa no mercado de câmbios de Frankfurt, a cotar-se a 1,1821 dólares, contra 1,1839 dólares na quinta-feira e o atual máximo desde maio de 2018, de 1,2300 dólares, em 05 de janeiro.

O barril de petróleo Brent para entrega em outubro abriu também em alta no Intercontinental Exchange Futures (ICE) de Londres, a cotar-se a 76,33 dólares, contra 76,05 dólares na quinta-feira e o atual máximo desde pelo menos o início de 2018, de 77,16 dólares, verificado em 05 de julho.

Leia Também: Bolsas europeias em baixa, à espera do relatório do emprego dos EUA

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório