Meteorologia

  • 16 SETEMBRO 2021
Tempo
19º
MIN 18º MÁX 28º

Edição

IVAucher: Contribuintes já acumularam 21,2 milhões. Saiba o seu saldo

O Ministério das Finanças fez, esta quinta-feira, um balanço sobre o programa IVAucher e anunciou que já está disponível, para consulta, "o saldo que cada contribuinte acumulou durante o mês de junho". Para consultá-lo basta aceder ao portal e-fatura ou à aplicação e-Fatura.

IVAucher: Contribuintes já acumularam 21,2 milhões. Saiba o seu saldo

No mês de junho, "foram registadas nos setores do alojamento, cultura e restauração, o total de 6.221.813 faturas com indicação de Número de Identificação Fiscal (NIF)", informa o Ministério das Finanças em comunicado enviado ao Notícias ao Minuto.

"Um acréscimo de 34% face a junho de 2020, e a consumos no total de 167 milhões de euros", destaca a tutela.

Quanto ao IVA acumulado pelos contribuintes no Programa IVAucher durante o mês de junho "ascende a 21,2 milhões de euros, o que corresponde a um acréscimo de 48% face ao valor registado em junho de 2020 e apenas dois milhões de euros abaixo do cenário pré-pandemia, em junho de 2019". Pelo que, contas feitas, o impacto do Programa IVAucher "será, para já, de pelo menos 42,4 milhões de euros".

Para consultar o seu saldo aceda ao portal e-fatura ou à aplicação e-Fatura (disponível para Android e iOS), valor que, recorde-se, poderá usar a partir de 1 de outubro, bastando para tal que adira ao programa IVAucher (através da associação do cartão bancário ao respetivo NIF).

Até à data, revela o Ministério das Finanças, registaram-se no programa "mais de 102 mil adesões de consumidores".  

Leia Também: Blueticket e Ticketline no IVAucher. Poderá descontar saldo em bilhetes

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório