Meteorologia

  • 27 SETEMBRO 2021
Tempo
25º
MIN 14º MÁX 26º

Edição

Excedente da Segurança Social sobe para 587 milhões de euros em junho

A Segurança Social registou em junho um excedente de 587 milhões de euros (ME), mais 234,9 milhões face ao mesmo período de 2020, informou hoje o Ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social.

Excedente da Segurança Social sobe para 587 milhões de euros em junho
Notícias ao Minuto

19:25 - 26/07/21 por Lusa

Economia OE2021

Em comunicado, o Governo realça que "o saldo global do subsetor da Segurança Social atingiu em junho um saldo de 587,1 milhões de euros".

"Para este resultado contribuiu um aumento da receita efetiva de 1.337,1 milhões de euros, e um aumento da despesa efetiva no montante de 1.102,2 milhões de euros, que se deve em grande parte às medidas extraordinárias adotadas para fazer face aos efeitos socioeconómicos da pandemia por covid-19", sublinha o ministério liderado por Ana Mendes Godinho.

A receita efetiva da Segurança Social aumentou 9,6%, em termos homólogos, cifrando-se em 15.292,4 milhões de euros.

O ministério explica que o crescimento da receita "deve-se ao aumento das transferências correntes da Administração Central em 479,8 milhões de euros, bem como ao acréscimo de 650,3 milhões de euros em contribuições e quotizações (o que representa um aumento de 7,7%)", enquanto as transferências do exterior registaram um aumento de 81 milhões de euros (+12,3% que no período homólogo).

Já a despesa aumentou 8,1% em termos homólogos para 14.705,3 milhões de euros.

"Este aumento foi gerado, essencialmente, pelas medidas extraordinárias adotadas no âmbito da situação de pandemia por covid-19, que representam um acréscimo de despesa de 1.304,1 milhões de euros", indica o gabinete.

O aumento da despesa deve-se ainda às prestações de desemprego, no montante de 159 milhões de euros, um aumento de 22%.

Também a despesa com pensões e complementos cresceu em 212,1 milhões de euros (+2,8%), face a junho de 2020.

Registou-se ainda o aumento de 131,3 milhões de euros da despesa com subsídios e transferências correntes relativos à vertente de formação profissional e de ação social (+21,3%), bem como o aumento da despesa com programas e prestações de ação social em 7,1%, ou mais 64,7 milhões de euros do que em junho de 2020.

Leia Também: Terceira vaga agravou défice até junho para 7.060 milhões

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório