Meteorologia

  • 08 DEZEMBRO 2021
Tempo
12º
MIN 12º MÁX 15º

Edição

Incubadora social de Leiria permite desenvolver "respostas sociais"

A ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social elogiou hoje a incubadora Startup Leiria Inovação Social, por ser um espaço que permite o desenvolvimento de respostas sociais contribuindo para a autonomização e apoio aos idosos.

Incubadora social de Leiria permite desenvolver "respostas sociais"
Notícias ao Minuto

13:49 - 28/06/21 por Lusa

Economia Governo

"Esta incubadora social é também um espaço de desenvolvimento de novos projetos para novas respostas sociais e novas formas de responder ao desafio demográfico, que temos nas várias dimensões, e de inclusão", assim como "promover a autonomização e o apoio domiciliário das pessoas, para que fiquem, cada vez mais, em casa, sem estarem isoladas", afirmou Ana Mendes Godinho, na cerimónia de inauguração das instalações da incubadora Startup Leiria Inovação Social, no 'campus' 5 do Politécnico de Leiria.

Segundo Ana Mendes Godinho, "Leiria está, mais uma vez, a fazer história", evocando o falecido secretário de Estado, João Vasconcelos, que "sempre procurou colocar Leiria no mapa" relativamente à "inovação e empreendedorismo", ao mesmo tempo que destacou o arranque da realização de testes à covid-19 no Politécnico de Leiria, sobretudo em lares, no início da pandemia.

Recordando que a pandemia evidenciou as "vulnerabilidades" que existem em Portugal do ponto de vista social, "seja nas respostas ao desafio demográfico das novas respostas necessárias ao envelhecimento, seja nas respostas para os jovens se conseguirem autonomizar", a governante considerou que esta 'startup' "tem a grande virtude de ser a resposta ao desafio que Portugal quis colocar no centro do debate durante a sua presidência", através da "aprovação do plano de ação do pilar europeu dos direitos sociais".

Para Ana Mendes Godinho, é preciso "reinventar e renovar", assim como "manter a capacidade de uma nova inspiração em novas respostas sociais, que promovam a autonomia das pessoas em casa que, tenham mais capacidade de não deixar ninguém sozinho, não deixar ninguém para trás".

Destacando o trabalho em rede, a ministra considerou que a Startup Leiria Inovação social irá "gerar ideias, inovação e inspiração, e cérebros dedicados à inovação social".

Ana Mendes Godinho, à margem do evento, lembrou que o Programa de Recuperação e Resiliência (PRR) tem "cerca de 500 milhões de euros dedicados a novas respostas e alargamento e requalificação dos equipamentos sociais, por exemplo requalificação de lares, novas respostas para promover autonomização e o apoio domiciliário das pessoas para que fiquem cada vez mais em casa".

O Programa de Celebração ou Alargamento de Acordos de Cooperação para o Desenvolvimento de Respostas Sociais (PROCOOP) irá também incluir "projetos de inovação e inovadores, que passam a ser elegíveis, permitindo ter diversificação e novas respostas sociais", como por exemplo, o acompanhamento digital, através de 'tablets' disponibilizados aos idosos, permitindo-lhes estar sempre ligados e acompanhados.

A Startup Leiria Inovação Social tem como objetivo apoiar "projetos inovadores e sustentáveis, capazes de responder aos problemas sociais que afetam a comunidade".

Este 'hub' "constituirá um estímulo importante para a dinamização de novo ecossistema de empreendedorismo e inovação social na região Centro, uma iniciativa possível graças ao apoio do Politécnico de Leiria, como investidor social, e ao Portugal Inovação Social como financiador", refere uma nota da 'startup'.

Leia Também: Governo anuncia lançamento de incubadoras sociais de emprego

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório