Meteorologia

  • 25 OUTUBRO 2021
Tempo
22º
MIN 14º MÁX 23º

Edição

Montijo: Problemas apresentados "sob forma de homilia"

O antigo presidente do LNEC Carlos Matias Ramos lamentou hoje que os problemas sobre o aeroporto do Montijo sejam apresentados "sob a forma de homilia", notando que o Governo e a ANA não estão disponíveis para debater.

Montijo: Problemas apresentados "sob forma de homilia"
Notícias ao Minuto

19:19 - 22/06/21 por Lusa

Economia Montijo

"Os problemas têm sido colocados sob a forma de homilia. Tanto a ANA como o Governo apresentam bonitos powerpoints sobre o Montijo, em situações que não permitem qualquer discussão", afirmou Carlos Matias Ramos, na conferência digital sobre o novo aeroporto de Lisboa, organizada pela Ordem dos Engenheiros.

Para o antigo responsável do Laboratório Nacional de Engenharia Civil (LNEC), a estratégia para os transportes constitui um "desafio, uma oportunidade e uma necessidade", sendo determinante para as "regiões periféricas".

Contudo, esta estratégia implica um plano estratégico e não "planos e planinhos à medida que os problemas vão aparecendo", acrescentou.

O também professor da Universidade Lusófona disse que a escolha do espaço para a infraestrutura tem sido baseada num "conjunto de falácias".

Relativamente à base aérea número 6, Carlos Matias Ramos defendeu que "tinha de ser totalmente reformulada", implicando elevados custos e um longo período de execução.

No que concerne ao Campo de Tiro de Alcochete, lembrou que o respetivo plano de financiamento, elaborado pelo BPI em 2009, não previa qualquer comparticipação do Estado, ficando o candidato à construção responsável pela despesa, recuperando o investimento através de um período alargado de operação.

Em termos de segurança e saúde pública, a solução Montijo vai afetar mais 35.000 pessoas e agravar a situação em Lisboa, enquanto o Campo de Tiro de Alcochete iria introduzir ruído para apenas mais 400 habitantes, notou.

A conferência ficou marcada por vários problemas técnicos, que impediram a normal transmissão das intervenções, e, após várias tentativas, não voltou, até ao momento, a ser retomada.

Em 08 de janeiro de 2019, a ANA -- Aeroportos de Portugal e o Estado assinaram o acordo para a expansão da capacidade aeroportuária de Lisboa, com um investimento de 1,15 mil milhões de euros até 2028 para aumentar o atual aeroporto de Lisboa e transformar a base aérea do Montijo num novo aeroporto.

Leia Também: Aeroporto de Lisboa "obsoleto" mas Montijo tem "problema ambiental grave"

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório