Meteorologia

  • 20 OUTUBRO 2021
Tempo
22º
MIN 16º MÁX 26º

Edição

Portugal sobe no ranking global de competitividade. Está em 36.º lugar

Portugal subiu uma posição face à edição de 2020. O pódio é ocupado pela Suíça, Suécia e Dinamarca.

Portugal sobe no ranking global de competitividade. Está em 36.º lugar

Portugal voltou a subir no ranking dos países mais competitivos a nível mundial, segundo o ranking de competitividade do IMD World Competitiveness Center, divulgado esta quarta-feira. O IMD World Competitiveness Ranking coloca Portugal na 36.ª posição do ranking das economias mais competitivas a nível mundial, subindo uma posição face a 2020, sendo o pódio agora ocupado pela Suíça, Suécia e Dinamarca.

Segundo o ranking, que avalia fatores como o desempenho económico, a eficiência das empresas, das infraestruturas e do Governo, Portugal consolidou a sua presença a meio da tabela, com a terceira subida nos últimos cinco anos, de acordo com um comunicado a que o Notícias ao Minuto teve acesso. 

No último ano, a economia nacional ganhou em competitividade sobretudo devido a ligeiras melhorias nas Infraestruturas científicas (34.º para 31.º), no enquadramento social (22.º para 20.º) e na mão-de-obra qualificada (44.º para 42.º).

"Entre os principais desafios para 2021 destacam-se a necessidade de crescimento, acima da média da UE, a importância das reformas estruturais no setor público e o reforço de uma estratégia nacional para a transformação digital das empresas que aumente a sua competitividade", pode ler-se no mesmo comunicado. 

A Porto Business School é, pelo sexto ano consecutivo, parceira nacional do IMD para Portugal na elaboração deste ranking.

Leia Também: Teletrabalho e digitalização é "oportunidade" para pequenas cidades

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório