Meteorologia

  • 05 AGOSTO 2021
Tempo
27º
MIN 17º MÁX 29º

Edição

Portugal retoma exportações de animais vivos para Israel

O processo de exportação de animais vivos de Portugal para Israel, suspenso após uma irregularidade num dos lotes, já foi retomado, anunciou a Direção-Geral de Agricultura e Veterinária (DGAV).

Portugal retoma exportações de animais vivos para Israel
Notícias ao Minuto

17:41 - 16/06/21 por Lusa

Economia DGAV

"Foi retomado, com efeitos imediatos, o processo de certificação sanitária de animais vivos a partir de Portugal com destino a Israel", lê-se numa nota da DGAV.

Israel tinha suspendido temporariamente este processo na sequência de uma irregularidade num dos lotes.

Em causa estava um lote de ovinos registados, "por erro do detentor", como machos, mas continha algumas fêmeas.

A exportação de ovinos e caprinos para engorda com destino a Israel visa apenas animais do género masculino, pelo que "a situação em causa configura uma irregularidade".

Segundo a DGAV, foi demonstrado que os animais produzidos em Portugal cumprem os requisitos impostos, estando reunidas as condições para retomar o normal funcionamento do mercado.

"As Autoridades Sanitárias de Portugal e Israel continuam a manter contactos bilaterais regulares, nomeadamente no que respeita à monitorização e acompanhamento das exportações de animais vivos", indicou a DGAV, um serviço central da administração direta do Estado, com autonomia administrativa.

Leia Também: Israel lança novos ataques aéreos sobre a Faixa de Gaza

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório