Meteorologia

  • 25 JULHO 2021
Tempo
21º
MIN 18º MÁX 27º

Edição

Juros da dívida caem a dois, a cinco e a 10 anos

Os juros da dívida portuguesa estavam hoje a cair a dois, a cinco e a 10 anos face a terça-feira, alinhados com os de Espanha, Grécia, Irlanda e Itália.

Juros da dívida caem a dois, a cinco e a 10 anos

Às 08h30 em Lisboa, os juros a 10 anos recuavam para 0,377%, contra 0,386% na terça-feira, depois de terem terminado em terreno negativo nas sessões de 15, 11 e 08 de janeiro, contra o atual mínimo de sempre, de -0,059%, verificado em 15 de dezembro.

Os juros a 10 anos também estiveram em terreno negativo entre 8 e 16 de dezembro.

Os juros a cinco anos caíam igualmente esta manhã, para -0,347%, contra -0,341% na terça-feira, depois de terem caído para o atual mínimo de sempre, de -0,506%, em 15 de dezembro.

No mesmo sentido, os juros a dois anos baixavam para -0,604%, contra -0,598% na terça-feira e o atual mínimo de sempre, de -0,746%, registado também em 15 de dezembro.

Juros da dívida soberana em Portugal, Grécia, Irlanda, Itália e Espanha às 08:30:

2 anos...5 anos...10 anos

Portugal

16/06......-0,604...-0,347......0,377

15/06......-0,598...-0,341......0,386

Grécia

16/06......-0,355...-0,004......0,742

15/06......-0,352...-0,001......0,744

Irlanda

16/06......-0,586...-0,402......0,164

15/06......-0,584...-0,395......0,170

Itália

16/06......-0,389....0,049......0,785

15/06......-0,388....0,050......0,787

Espanha

16/06......-0,542...-0,288......0,400

15/06......-0,541...-0,285......0,407

Fonte: Bloomberg Valores de 'bid' (juros exigidos pelos investidores para comprarem dívida) que compara com fecho da última sessão.

Leia Também: Bolsa de Lisboa abre a subir 0,41%

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório