Meteorologia

  • 27 OUTUBRO 2021
Tempo
17º
MIN 14º MÁX 25º

Edição

PSI20 segue em queda com ações da Galp a pressionarem negociações

A bolsa de Lisboa seguia em ligeira queda, mantendo a tendência da abertura, com as ações da Galp a pressionarem as negociações ao caírem cerca de 1,5% e entre uma Europa que segue sem tendência definida.

PSI20 segue em queda com ações da Galp a pressionarem negociações
Notícias ao Minuto

10:00 - 02/06/21 por Lusa

Economia PSI20

Na terça-feira, o principal índice, o PSI20, fechou em alta de 0,71% para 5.216,79 pontos, acompanhando os ganhos das principais praças europeias.

Hoje, pelas 09:00, o PSI20 seguia em queda de 0,10% para 5.211,71 pontos, com 11 ações em baixa, seis em alta e uma inalterada.

A Galp era a empresa que mais caía, com as ações a recuarem 1,54% para 10,24 euros, depois da petrolífera ter anunciado que prevê investir em média entre 800 e 1.000 milhões de euros por ano até 2025, o que representa uma redução de cerca de 20% face ao plano anterior.

O BCP seguia também em queda de 0,55% para 0,16 euros, assim como a EDP que recuava 0,02% para 4,66 euros.

Do lado dos ganhos, na liderança, seguiam a Novabase e a Navigator, com as empresas a avançarem 0,70% e 0,42% para 4,30 euros e 2,86 euros, respetivamente.

As principais bolsas europeias abriram hoje mistas, com a atenção da sessão posta no Livro Bege da Reserva Federal dos EUA (Fed) e nas declarações da presidente do Banco Central Europeu (BCE), Christine Lagarde.

Animados com os bons indicadores da atividade tanto na Europa como nos Estados Unidos e na China, os mercados vão estar muito pendentes da publicação do Livro Bege, que servirá para preparar a próxima reunião da Fed, em 16 de junho.

Os investidores também estão à espera das declarações da presidente do BCE, Christine Lagarde, já com o mercado europeu fechado, atentos a qualquer referência sobre as perspetivas de crescimento e da taxa de inflação e o impacto destas na política monetária, indicaram analistas citados pela Efe.

A nível cambial, o euro abriu em baixa no mercado de câmbios de Frankfurt, a cotar-se a 1,2210 dólares, contra 1,2233 dólares na terça-feira e o atual máximo desde maio de 2018, de 1,2300 dólares, em 05 de janeiro.

O barril de petróleo Brent para entrega em agosto abriu em alta no Intercontinental Exchange Futures (ICE) de Londres, a cotar-se a 70,77 dólares, um máximo desde pelo menos o início de 2020, contra 70,25 dólares na terça-feira.

Leia Também: Bolsas europeias mistas, à espera do Livro Bege da Fed e de Lagarde

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório