Meteorologia

  • 23 SETEMBRO 2021
Tempo
18º
MIN 16º MÁX 25º

Edição

AHRESP apela a medidas para a reabertura de bares e discotecas

A Associação de Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal (AHRESP) apelou hoje para que sejam "estabelecidas, com urgência, medidas específicas" para a reabertura de bares e discotecas.

AHRESP apela a medidas para a reabertura de bares e discotecas
Notícias ao Minuto

15:23 - 19/05/21 por Lusa

Economia AHRESP

"Devem ser estabelecidas, com urgência, medidas específicas para que os estabelecimentos de animação noturna possam reabrir sem colocar em causa a segurança e saúde dos seus clientes e colaboradores", referiu a associação em comunicado. 

"Este setor, que foi forçado a encerrar há mais de um ano, continua sem ter quaisquer perspetivas de reabertura", lamentou a AHRESP, realçando que "com o regresso dos turistas, para quem a atividade de animação noturna é muito importante, assim como com a diminuição dos riscos associados à doença covid-19 e a evolução do plano de vacinação, é imperativo permitir a retoma desta atividade".

Em 12 de maio a AHRESP disse que é preciso manter os apoios para que o setor possa recuperar 100 mil postos de trabalho perdidos devido à pandemia.

Em comunicado, a organização referiu que "de acordo com o INE [Instituto Nacional de Estatística], no final do primeiro trimestre de 2021, a restauração, similares e alojamento turístico perderam 101.300 postos de trabalho face ao 1.º trimestre de 2020".

A AHRESP acredita que estes "dados confirmam a necessidade de reforço e continuidade de apoios".

"Perante a realidade dramática destes dados, a AHRESP reitera a imperiosa necessidade que tem vindo a defender desde a primeira hora: o reforço e continuidade dos apoios a fundo perdido às empresas das nossas atividades, nomeadamente para a manutenção dos postos de trabalho", lê-se na mesma nota.

Esta terça-feira, a associação pediu ainda que os trabalhadores da restauração e alojamento turístico sejam prioritários na vacinação contra a covid-19.

"A AHRESP defende que os trabalhadores do alojamento turístico e da restauração e similares devem ser prioritários na vacinação contra a doença da covid-19, à semelhança do que já foi decidido quanto aos trabalhadores de limpeza dos Serviços de Utilização Comum dos Hospitais", diz a AHRESP.

Segundo a associação, a vacinação justifica-se pelo risco das tarefas destes trabalhadores, afirmando que "os trabalhadores do setor da restauração também prestam serviços em hospitais, escolas, lares e outros e deverão por isso estar mais protegidos".

Leia Também: Antigo treinador do Dínamo Zagreb detido na Bósnia

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório