Meteorologia

  • 25 JUNHO 2021
Tempo
31º
MIN 20º MÁX 34º

Edição

BdP confirma crescimento do indicador diário de atividade económica

O indicador diário de atividade económica (DEI), assim como a taxa bienal correspondente, registaram, na semana terminada em 02 de maio, variações superiores às observadas na semana anterior, divulgou hoje o Banco de Portugal (BdP).

BdP confirma crescimento do indicador diário de atividade económica
Notícias ao Minuto

13:11 - 06/05/21 por Lusa

Economia DEI

A informação tinha sido já avançada na quarta-feira pelo governador do BdP, Mário Centeno, que anunciou -- durante a apresentação do Boletim Económico de maio, em que o banco central faz uma análise da economia em 2020, ano marcado pelo impacto da pandemia -- que a tendência de crescimento da economia portuguesa está já a superar os valores de 2019.

O DEI é um novo indicador lançado recentemente pelo BdP para identificar "mais facilmente" alterações abruptas na atividade económica, mas não constitui uma previsão oficial do BdP ou do Eurosistema.

Uma vez que a evolução recente do DEI se encontra "fortemente influenciada por efeitos base decorrentes dos eventos verificados durante 2020, o que afeta de forma significativa a evolução homóloga da atividade em 2021", a taxa bienal permite mitigar a influência destes efeitos base ao acumular a variação, em dias homólogos, para um período de dois anos.

Divulgado semanalmente à quinta-feira, com informação até ao domingo precedente, o DEI cobre diversas dimensões correlacionadas com a atividade económica em Portugal, sumariando a informação das seguintes variáveis diárias: tráfego rodoviário de veículos comerciais pesados nas autoestradas, consumo de eletricidade e de gás natural, carga e correio desembarcados nos aeroportos nacionais e compras efetuadas com cartões em Portugal por residentes e não residentes.

Conforme explica o BdP, a utilização deste tipo de dados de alta frequência "intensificou-se na sequência da crise desencadeada pela pandemia de covid-19", já que, dado o "curto desfasamento" da sua divulgação face ao período de referência, permitem "identificar atempadamente alterações bruscas na atividade económica".

"O indicador diário na última semana demonstra uma recuperação muito significativa da tendência de crescimento da economia portuguesa", disse Mário Centeno na quarta-feira, indicando que essa tendência "já está nestas semanas acima daquilo que é o valor de 2019 deste indicador" e revelando, por isso, crescimentos homólogos significativos face a 2020 e igualmente positivos quando a comparação é feita com 2019.

Esta evolução é reveladora, referiu ainda o governador do BdP, da capacidade de resposta que a economia tem revelado nos momentos de reabertura pós-desconfinamento e na sequência de decisões que geram previsibilidade.

Mário Centeno vincou que as atenções devem, assim, estar focadas, nesta capacidade de recuperação, sendo também esta capacidade que deve sustentar "todas as medidas que venham a ser adotadas", salientando que Portugal não se deve deixar isolar no plano internacional e europeu.

Leia Também: Novas operações de empréstimos à habitação sobem para máximo desde 2008

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório