Meteorologia

  • 21 OUTUBRO 2021
Tempo
16º
MIN 16º MÁX 23º

Edição

Novo presidente do NERGA quer ajudar empresas da Guarda a vencer a crise

O novo presidente da direção da Associação Empresarial da Região da Guarda (NERGA) disse hoje que pretende ajudar as empresas a ultrapassar as dificuldades causadas pela pandemia de covid-19.

Novo presidente do NERGA quer ajudar empresas da Guarda a vencer a crise
Notícias ao Minuto

19:57 - 19/04/21 por Lusa

Economia Pandemia

"Nós [direção do NERGA] não podemos fazer o trabalho dos empresários. Nós conseguimos ajudar e o que nós pretendemos fazer é trazer ferramentas diferentes, diferenciadoras, que permitam aos empresários colmatar as suas dificuldades e consigam prosperar, e consigam aumentar as vendas e consigam sair desta crise", disse hoje Orlando Faísca.

O novo presidente do NERGA, que hoje tomou posse do cargo, assumiu, em declarações aos jornalistas que devido à pandemia "nem todas as empresas vão poder continuar" o seu percurso.

"Ninguém pretende isso mas, infelizmente é isso que está a acontecer. Temos é que criar condições, temos que melhorar a robustez das empresas", defendeu.

Na opinião do empresário, que vai dirigir a associação empresarial nos próximos três anos, as empresas da região da Guarda têm de estar melhor preparadas no futuro, daí que a equipa que lidera vai apostar em áreas como a formação e a internacionalização.

O responsável admitiu que algumas empresas não vão subsistir, por isso, o NERGA pretende "criar condições e apoiar novos empreendedores".

"É com os novos empreendedores, também, que vamos procurar colmatar uma ou outra empresa que, infelizmente, não siga viagem", referiu.

Orlando Faísca acrescentou que é necessário aumentar a robustez das empresas associadas.

O NERGA tem atualmente cerca de 300 associados, um número que a nova direção pretende ampliar nos próximos anos.

Os novos corpos sociais do NERGA, que tem sede no parque industrial da Guarda, foram eleitos no dia 12 de abril e o ato eleitoral apenas contou com uma lista encabeçada pelo empresário Orlando Faísca.

Nos últimos anos, a Associação Empresarial da Região da Guarda foi presidida por Pedro Tavares, que não se recandidatou a um novo mandato e passou a ocupar o cargo de vice-presidente da Assembleia Geral.

Na cerimónia de tomada de posse, onde estiveram os presidentes da Associação Industrial Portuguesa, José Carvalho, e da Câmara Municipal da Guarda, Carlos Chaves Monteiro, entre outros responsáveis, o presidente cessante do NERGA lembrou que a associação é de referência nacional "por tudo o que tem feito" numa zona do país que possui um tecido empresarial difícil.

Pedro Tavares disse ter a certeza "que o NERGA vai continuar a ser uma grande associação".

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 3.020.765 mortos no mundo, resultantes de mais de 141,2 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 16.946 pessoas dos 831.221 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Leia Também: Montalegre concede apoios para cabeleireiros, sapatarias e lojas de roupa

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório