Meteorologia

  • 14 ABRIL 2021
Tempo
17º
MIN 15º MÁX 20º

Edição

Bolsas europeias em alta animadas com publicação das atas da Fed

As principais bolsas europeias abriram hoje em alta, depois da Reserva Federal dos Estados Unidos (Fed) ter assegurado que manterá o programa de estímulos a curto prazo.

Bolsas europeias em alta animadas com publicação das atas da Fed
Notícias ao Minuto

09:19 - 08/04/21 por Lusa

Economia mercados

Cerca das 08:45 em Lisboa, o EuroStoxx 600 subia 0,44% para 436,22 pontos.

As bolsas de Londres, Paris e Frankfurt avançavam 0,52%, 0,48% e 0,32%, bem como as de Madrid e Milão que se valorizavam 0,11% e 0,34%, respetivamente.

Depois de abrir em alta, a bolsa em Lisboa mantinha a tendência e, cerca das 08:45, o principal índice, o PSI20, subia 0,26%, para 5.038,25 pontos.

As bolsas europeias estavam hoje animadas, depois de na quarta-feira os mercados norte-americanos terem acolhido positivamente as atas da última reunião da Fed de 17 de março, que põem de manifesto que o banco central vai esperar antes de propor retirar o programa de compra de dívida, que considera que está a ser um apoio "substancial" à economia norte-americana durante a pandemia.

Analistas citados pela Efe explicam que esta mensagem ajuda a manter a trégua no mercado da dívida, onde os juros dos EUA a 10 anos se mantêm a 1,6%, longe dos máximos de 1,77% alcançados nas semanas anteriores.

Depois das da Fed hoje serão divulgadas as atas da última reunião do Banco Central Europeu (BCE) em 11 de março.

Hoje também serão conhecidos os dados do desemprego nos EUA e os preços na produção da zona euro.

A bolsa de Nova Iorque terminou mista na quarta-feira, com o Dow Jones a subir 0,05% para 33.446,26 pontos, contra o atual máximo desde que foi criado em 1896, de 33.527,19 pontos, registado em 05 de abril.

Em sentido inverso, o Nasdaq fechou a desvalorizar-se 0,07% para 13.688,84 pontos, contra o atual máximo de 14.095,47 pontos, em 12 de fevereiro.

A nível cambial, o euro abriu hoje em alta no mercado de câmbios de Frankfurt, a cotar-se a 1,1890 dólares, contra 1,1882 dólares na quarta-feira e o atual máximo desde maio de 2018, de 1,2300 dólares, em 05 de janeiro.

O barril de petróleo Brent para entrega em junho abriu em baixa no Intercontinental Exchange Futures (ICE) de Londres, a cotar-se a 62,74 dólares, contra 63,16 dólares na quarta-feira e o atual máximo desde dezembro de 2018, de 69,63 dólares, em 11 de março.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório