Meteorologia

  • 24 MAIO 2022
Tempo
19º
MIN 14º MÁX 20º

APA considerou não estarem reunidas condições para venda das barragens

A Agência Portuguesa do Ambiente considerou não estarem reunidas as condições para a realização da venda de cinco barragens na bacia do Douro, pela EDP, ao consórcio liderado pela Engie e propõe que seja solicitado parecer jurídico.

APA considerou não estarem reunidas condições para venda das barragens
Notícias ao Minuto

20:26 - 23/03/21 por Lusa

Economia EDP

A posição da APA consta de um parecer de 30 de julho de 2020, a que a Lusa teve acesso, em que esta avalia o pedido de transmissão de "cinco contratos associados a aproveitamentos hidroelétricos [AH] outorgados à EDP".

A conclusão da APA foi de considerar "não estarem reunidas as condições para autorizar a transmissão destes AH nomeadamente do AHFT [aproveitamento hidroelétrico de Foz Tua] e do AHBS [aproveitamento hidrelétrico de Baixo Sabor], face ao estado de implementação das medidas ambientais".

O documento refere ainda que "três AH do Douro Internacional estão associados a processos judiciais em curso face às normas legais que permitiram a outorga dos contratos em vigor e ao valor definido para o equilíbrio económico e financeiro na sequência da prorrogação dos prazos".

A APA propõe que seja solicitado um parecer jurídico que "avalie se fica garantido o interesse público com a transmissão de cada uma destas concessões".

Partes deste parecer foram referidos hoje pela deputada do BE Mariana Mortágua durante uma audição parlamentar aos ministros das Finanças e do Ambiente a propósito da venda das barragens, pela EDP, ao consórcio liderado pela Engie.

Em resposta, o ministro Matos Fernandes indicou que, ao longo dos 11 meses em que a operação de venda das barragens esteve em avaliação, foram produzidos vários pareceres sendo que o que a deputada do BE salientou (e que não constava da documentação que foi enviada ao parlamento) foi relevante "para vir a fixar mais à frente [no processo] as condições para a componente ambiental".

Em 13 de novembro de 2020, foi anunciado que a Agência Portuguesa do Ambiente (APA) tinha aprovado a venda de barragens da EDP (Miranda, Bemposta, Picote, Baixo Sabor e Foz-Tua) à Engie.

A EDP concluiu, em 17 de dezembro, a venda por 2,2 mil milhões de euros de seis barragens na bacia hidrográfica do Douro a um consórcio de investidores formados pela Engie, Crédit Agricole Assurances e Mirova.

Leia Também: Barragens: Estado não tinha interesse em exercer direito de preferência

Notícias ao Minuto nomeado para os Prémios Marketeer

O Notícias ao Minuto é um dos nomeados da edição de 2022 dos Prémios Marketeer, na categoria de Digital Media. As votações decorrem até ao próximo dia 31 de maio.

Para nos ajudar a vencer, basta aceder ao site da iniciativa organizada pela revista Marketeer, clicando aqui, e proceder ao preenchimento do formulário, selecionando Notícias ao Minuto na categoria de Digital Media e formalizando depois a votação. Obrigada pela sua preferência!

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório