Meteorologia

  • 02 DEZEMBRO 2021
Tempo
14º
MIN 10º MÁX 14º

Edição

Empresas, prazo de aprovação dos mapas de férias vai ser alargado

O Executivo decidiu, perante o "agravamento da situação epidemiológica registado no início deste ano", prorrogar o prazo de "aprovação e fixação de mapas de férias".

Empresas, prazo de aprovação dos mapas de férias vai ser alargado
Notícias ao Minuto

10:03 - 12/03/21 por Notícias ao Minuto 

Economia mapa de férias

O Governo decidiu, na quinta-feira, em Conselho de Ministros, adiar um conjunto de prazos e criar medidas excecionais no âmbito da pandemia, uma das quais relacionada com o prazo legal para a aprovação dos mapas de férias

O Executivo decidiu, perante o "agravamento da situação epidemiológica registado no início deste ano", prorrogar o prazo de "aprovação e fixação de mapas de férias", de acordo com o comunicado do Conselho de Ministros. 

Esta solução dá mais tempo às empresas para cumprirem aquele requisito face aos prazos previstos na lei. De acordo com o Código do Trabalho, o "empregador elabora o mapa de férias, com indicação do início e do termo dos períodos de férias de cada trabalhador, até 15 de abril de cada ano e mantém-no afixado nos locais de trabalho entre esta data e 31 de outubro".

Foram ainda aprovadas medidas excecionais relativas a casamentos, ao Registo Central de Beneficiário Efetivo e à atividade de transporte em táxis, de acordo com o mesmo comunicado. 

Leia Também: Desconfinamento à porta, mas teletrabalho mantém-se "sempre que possível"

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório