Meteorologia

  • 18 ABRIL 2021
Tempo
20º
MIN 11º MÁX 24º

Edição

Economia da zona euro recua 6,6% e a da UE 6,2% em 2020

A economia da zona euro recuou 6,6% e a da União Europeia (UE) abrandou 6,2% em 2020, depois de crescimentos 1,3% e 1,6%, respetivamente, em 2019, divulga hoje o Eurostat.

Economia da zona euro recua 6,6% e a da UE 6,2% em 2020
Notícias ao Minuto

10:13 - 09/03/21 por Lusa

Economia Eurostat

A contração de 6,6% do Produto Interno Bruto (PIB) da zona euro e de 6,2% da UE em 2020 segue-se a um crescimento, no ano anterior, de 1,3% e 1,6%.

Em comparação com o mesmo período de 2019, o PIB diminuiu 4,9% na zona euro e 4,6% na UE entre outubro e dezembro de 2020, após ter recuado 4,2% e 4,1%, respetivamente, no trimestre anterior.

Nos últimos três meses de 2020, de acordo com o boletim do gabinete estatístico europeu, o PIB da zona euro (-0,7%) e o PIB da UE (-0,5%) recuaram face ao período anterior, depois de terem tido uma forte recuperação no terceiro trimestre de 2020 (12,5% na zona euro e 11,6% na UE) e as maiores descidas desde o início da série temporal, em 1995, entre abril e junho de 2020 (-11,6% na zona euro e -11,2% na UE).

Na comparação homóloga, os PIB recuaram em todos os Estados-membros no quarto trimestre de 2020, com a França (-9,1%), a Grécia (-7,9%) e a Croácia (-7,1%) a registarem as maiores quebras.

Face ao trimestre anterior, a Roménia (4,8%), Malta (3,8%), Croácia e Grécia (2,7% cada) registaram os maiores aumentos do PIB.

As maiores descidas em cadeia foram registadas na Irlanda (-5,1%) e na Áustria (-2,7%), seguidas pela Itália (-1,9%) e França (-1,4%).

Nos últimos quatro meses de 2020, em Portugal, o PIB recuou 6,1% na variação homóloga e cresceu 0,2% face ao terceiro trimestre.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório